Degustação Porto e Douro 2017

Abrindo o ciclo de degustações de 2017, no Rio de Janeiro, o Instituto dos Vinhos do Douro e Porto, apresentou sua degustação anual, nos salões do Hotel Windsor Flórida, com produção da EV – Essência do Vinho.

Presentes algumas das mais importantes empresas de Portugal, representadas por seus importadores, cada um se esmerando para trazer o que de melhor está à venda no nosso mercado.
E não foram poucas opções:
Bispado-Carm; Casa Alves; Casa Ferreirinha e Sandeman; Churchill’s; Crochet; Croft; Cia de Vinhos do Douro; Dalva; Duorum; Graham’s; Horta Osório, Lavadores de Feitoria; Moinho do Coa; Poças Junior; poeira; Porto Ferreira; Quevedo; Quinta da Mieira; Quinta da Pacheca; Quinta da Veiga; Quinta das Apegadas; Quinta das Tecedeiras; Quinta de Curvos; Quinta de La Rosa; Quinta do Crasto; Quinta do Cume; Quinta do Noval; Quinta do Pessegueiro; Quinta do Portal; Quinta do Romeu; Quinta Dona Leonor; Quinta dos Avidagos; Quinta das Murças; Quinta Nova; Quinta Santa Eufémia; Ramos Pinto; Real Cia Velha; Taylor’s; Vallado; Vicente Faria; Wine & Soul.
Uma verdadeira maratona. Nem o nosso animado grupo conseguiu provar de tudo. A qualidade dos vinhos apresentados era impecável, desde os chamados “de entrada”, até os vinhos “de ponta”.

Num evento deste porte é preciso controlar os impulsos e organizar bem o que vai ser provado. Numa primeira volta nos dois salões, identificamos o que já é conhecido e as novidades.
A segunda etapa é começar por brancos e rosados, deixando os tintos e os portos para a terceira etapa.
Como seria impossível passar por todas as mesas, o grupo se dividiu, cada um com suas tarefas, nos reunindo durantes os períodos de hidratação para trocar informações. Vinhos considerados excepcionais são provados por todos.
Atingidas as metas e se ainda houver disposição do grupo, prova-se os vinhos que não foram inicialmente listados.
Alguns destaques:
– Vinhos da Real Cia Velha, entre eles a linha Evel, com ótima relação custo x benefício;
– Os tintos da Quinta de La Rosa e Poeira, vinificados por Jorge Moreira;
– A linha da Cia de Vinhos do Douro, com rótulos divertidos e deliciosos;
– Quinta do Crasto e seus vinhos impecáveis;
– A seleção de Vinhos do Porto apresentada pelos expositores.
Ao final do nosso périplo, decidimos escolher o melhor Porto 20 anos, uma árdua tarefa. O grupo ficou dividido entre Taylor’s, Churchill’s e Fonseca.
Um ótimo resultado para qualquer consumidor, demonstrando a força do vinho português e de suas tradições.
Saúde e bons vinhos, portugueses, com certeza!
Vinho da Semana: um Vinho do Porto bem moderno e diferente. Pode ser usado na preparação de coquetéis como o Portonic ou a Caipiporto.
Porto Branco Maynard’s – $$
Feito com uvas Malvasia cultivadas em altitudes elevadas, caracteriza-se pela cremosidade e aromas frutados. Em boca é um vinho equilibrado, com grande frescor e leveza.
Compre aqui: www.vinhosite.com.br

 
 
 
 
 

 
Este evento estará em Belo Horizonte no dia 06/06/2017. Maiores informações num destes links:
IVDP – https://www.ivdp.pt/pagina.asp?content=eventos
EV – http://www.essenciadovinho.com/pt/eventos

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *