Wine Spectator TOP 100 2020

Chegou a lista mais esperada do ano pelos “Enófilos de carteirinha” e outros aficionados, a relação dos 100 melhores vinhos deste complicado ano de 2020, escolhidos pela equipe especializada da revista Wine Spectator.

Para começar, apresentamos os 10 melhores:

Um excelente e tradicional tinto espanhol encabeça a lista. Elaborado a partir das castas Tempranillo e Mazuelo. Recebe o título de “Vinho do Ano”. Bela escolha. Está à venda no Brasil, em outras safras.

Um Chardonnay norte-americano é o único branco desta relação de TOP 10, assim como o Champagne Bollinger La Grande Année, que representa a categoria de espumantes.

Um vinho argentino, o Piedra Negra Los Chacayes, poderia ser visto como o estranho no ninho. Nada disso! Já há algum tempo temos alertado para a excelente qualidade dos vinhos produzidos no nosso vizinho e eterno rival futebolístico. Estão melhores a cada dia e não se resumem mais só aos Malbec. Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon e Chardonnay, daquelas terras, não devem nada a nenhum outro.

A lista completa pode ser consultada neste link, em inglês:

https://top100.winespectator.com/lists/

A publicação oficial da revista será no último dia do ano.

Alguns dados curiosos.

Distribuição por países:

Distribuição por tipo de vinho:

O vinhos americanos, franceses e italianos dominaram as indicações. O Cone Sul foi agraciado com 7 indicações, entre Argentina (4), Chile (2) e Uruguai (1), por sinal, um ótimo Tannat, outra casta vista como difícil na Europa e que se adaptou muito bem por aqui.

Uma surpresa foi a pouca presença dos vinhos portugueses, sempre muito fortes em edições anteriores desta publicação. Simplesmente nenhum dos seus famosos vinhos generosos entrou na lista. Coube ao bom Wine & Soul Pintas, um tinto duriense, representar a terrinha, assim mesmo lá na posição 87.

Saúde e bons vinhos!

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *