3 de julho de 2022
Colunistas Ricardo Noblat

Eduardo Leite vem aí, olê, olê, olá… Eduardo Leite vem aí

Governador do Rio Grande do Sul quer ser o candidato nem Lula, nem Bolsonaro que Doria e Moro não conseguem ser.

imagem – João Doria e Eduardo Leite – Twitter

O governador João Doria (PSDB), de São Paulo, e o seu pessoal dão como perdido o passe de Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, de mudança para o PSD de Gilberto Kassab.

Dos Estados Unidos, onde se encontra, Leite mandou dizer que tudo indica que ele será candidato a presidente da República. A viagem serviu para que escapasse às pressões do PSDB.

Entre os principais assessores de Leite no seu estado, poucos acreditam que ele dará o dito pelo não dito e que será candidato à reeleição. Ou que ficará no governo até o fim do mandato.

Expoentes da Faria Lima, avenida em São Paulo que concentra parte da fortuna do país, parecem convencidos de que Leite tem tudo para ser o candidato nem Lula, nem Bolsonaro.

O desencanto dessa gente é grande com Doria empacado nas pesquisas, e Sergio Moro sem partido, sem palanques nos estados, e sem discurso que desperte o entusiasmo dos eleitores.

Derrotado por Doria nas eleições primárias do PSDB que escolheu o candidato do partido à vaga de Bolsonaro, Leite nunca se conformou em ficar de fora do páreo presidencial.

É jovem. Mesmo que perca a eleição, a campanha o tornará conhecido nacionalmente. Com tal capital, poderá ser candidato outra vez daqui a quatro anos.

Fonte: Blog do Noblat

Jornalista, atualmente colunista de O Globo e do Estadão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.