21 de julho de 2024
Junia Turra

Hoje é o dia dele: minha referência


Dia mágico!
Parabéns, meu pai lindo.
Você não veio nesse mundo a passeio.
E a vida é uma viagem de volta a nós mesmos, a nossa alma.
Ao endereço universal, uma estrela. Onde os de igual semelhança se reencontram.
Até lá, eu fico aqui com você em mim e você lá, comigo em você…Ah, essa musica nós ouvíamos juntos. E ela diz o quanto você é importante pra mim…
Até que você disse quando eu cheguei  na comemoração daquele seu último aniversário no meio de tantos amigos: por muito tempo ela era filha do “fulano” (e descreveu as titulações que tinha), mas agora eu sou o pai dela (e descreveu as minhas titulações).
Mas, ressalva a ser feita, disse: eu tenho cinco doutorados, ela ainda come poeira.
Rimos… Todos rimos…
Um brinde à vida eterna, como o amor que nos une. Nunca chegaria eu a ser como você…
E em tempos em que muitos duvidam, não perca a fé em quem você acredita.
You could say I lost my faith in science and progress
You could say I lost my belief in the holy Church
You could say I lost my sense of direction
You could say all of this and worse, but
If I ever lose my faith in you
There’d be nothing left for me to do
Some would say I was a lost man in a lost world
You could say I lost my faith in the people on TV
You could say I’d lost my belief in our politicians
They all seemed like game show hosts to me
I could be lost inside their lies without a trace
But every time I close my eyes I see your face
I never saw no miracle of science
That didn’t go from a blessing to a curse
I never saw no military solution
That didn’t always end up as something worse, but
Let me say this first
If I ever lose my faith in you
There’d be nothing left for me to do
TRADUÇÃO:
Você poderia dizer que perdi minha fé na ciência e no progresso
Você poderia dizer que perdi minha crença na Santa Igreja
Você poderia dizer que perdi meu senso de direção
Você poderia dizer tudo isso e pior,
mas
“Se eu perder minha fé em você
Não sobraria nada mais para eu fazer”
Alguns diriam que eu era uma pessoa perdida em um mundo perdido
Você poderia dizer que perdi minha fé nas pessoas na TV
Você poderia dizer que eu perdi minha crença em nossos políticos
Pra mim todos pareciam apresentadores de game show
Eu poderia estar perdida dentro das mentiras dos outros sem deixar vestígios.
“Mas toda vez que eu fecho meus olhos eu vejo você”
Eu nunca vi um milagre da Ciência que não foi da bênção a maldição
Eu nunca vi nenhuma solução militar
que não tenha sempre terminado com algo pior
“Mas , deixe-me dizer isso primeiro;
Se eu perder minha fé em você
Não sobraria nada para eu fazer”
PS. E na cidade de Graz, Áustria, eu recebi meu primeiro premio internacional de Jornalismo pela TV em que trabalhava.
E assim que encerrou a solenidade e começou a festa, corri na sala de imprensa e liguei: pai, estão os chefes de Estado, o presidente da Polônia está falando comigo. Como é o nome dele mesmo? Meu pai disse. E eu respondi: está na plaquinha, mas eu queria era te dizer “Ich liebe Dich Papa!” .

Junia Turra

Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *