8 de agosto de 2022
Colunistas Junia Turra

Boca no Trombone: Eu falo… E grito…

Se vocês forem na minha “História” (Story) – clicando na foto do meu perfil – não vão ver essa imagem a princípio. Só na segunda foto.
Acho que o Face está brincando de esconde-esconde. Não podemos falar das belezuras. De certas belezuras.

Não é uma lindeza esse quadro? O azul turquesa não combina muito com os meus olhos verdes. Combina com os seus?
De qualquer maneira, a postagem original ainda está lá… Mas vamos ver até quando poderemos falar nessas mídias que são exatamente dos globalistas que querem o “bem da humanidade”.
Ah, só pra lembrar… Esses testes para detectar a doença? Não são confiáveis. Mamão, Pitanga, Caju, Abacate, testam positivo agora. Daqui a uma hora: Negativo. O presidente da Tanzânia mostrou isso há meses.
A CIÊNCIA SALVA
Mas na Alemanha, especialistas fizeram uma pesquisa que mostrou que o corpo tem formas distintas de reagir a infecções. Há os “killer linfócitos” que dentro da célula se reproduzem e matam os vírus, por exemplo. Isso ocorre em células infectadas pelo novo Coronavírus. Esses linfócitos tem uma memória longa e reagem agora porque já eliminaram outros tipos do próprio Coronavírus que as pessoas tiveram.
Resultado…
No Brasil, as pessoas estão morrendo de Coronavírus mesmo?
A imprensa que anuncia máscaras como algo saudável sabendo que elas não resolvem nada e ainda causam danos sérios?
E até jornalista anuncia a morte do pai usando Covid-19, quando sabe-se que não foi Covid a causa da morte e todos sabemos que morreu o ” grande publicitário, jornalista e gênio fulano de tal”, que deixou três filhos, um deles o jornalista tal. Deveria saber o lugar que tem.
Vai ver ele não falava com o pai há bastante tempo. Acontece nas melhores famílias: Invejar os gênios e querer destruí-los ao invés de aprender com eles e aceitar o amor deles. Esses detalhes fazem a diferença.
Detalhes… que apontam uma outra Ciência, do obscurantismo, por trás do azul turquesa de certos quadros, em ranchos no Novo México, aqui e acolá, onde há algo muito sombrio em experiências genéticas e muito mais.
Fique esperto! Sovreviva!

author
Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.