28 de maio de 2022
Vinhos

Vinho e Sopa


Com a chegada de temperaturas mais amenas, e do frio em várias regiões brasileiras, a sopa passa a fazer parte da nossa mesa. Um alimento reconfortante e muito saudável.
Este alimento é considerado, por vários autores, como o prato mais antigo da história. Pode ser líquida ou pastosa e quase sempre servida quente, embora existam sopas frias muito famosas como o Gaspacho, a Vichyssoise e a Panzanella.
Harmonizar uma sopa é muito simples. Apresentamos, a seguir, as melhores combinações para receitas clássicas.
Sopa de Cebola
Por receber uma camada de queijo Gruyère, que é gratinada antes de servir, a harmonização correta pede um tinto com boa acidez, como os Cru de Beaujolais. Uma boa alternativa é um Cabernet Franc, casta muito bem vinificada na América do Sul, principalmente na Argentina. Para os que preferem os brancos, um Sauvignon Blanc é uma ótima escolha.
Caldo Verde
Tradicional sopa lusitana feita com batatas e couve é bem cremosa e encorpada. Um bom tinto português, como os da região do Dão, é a escolha correta. Vinhos muito frutados e com maior teor alcoólico devem ser evitados.
Sopa de Tomate
Existem algumas variações desta receita e o resultado final pode ser mais ou menos encorpado ou cremoso. Um dos casamentos clássicos é com um bom Jerez, tipo manzanilla, servido bem gelado. Tintos leves e de corpo médio são outras escolhas: Côtes du Rhone, Gamay, Barbera. Entre os brancos prefira Alvarinho ou Sauvignon Blanc.
Canja de Galinha

A mais conhecida sopa caseira que “não faz mal a ninguém”. Com sabores muito delicados, a melhor sugestão seria um Chardonnay ao estilo do Novo Mundo, que passou por madeira.
Em Portugal prefere-se uma harmonização bem típica, com o vinho tinto da região onde a receita for elaborada.
Sopa de Legumes
Se for do tipo cremosa, as melhores combinações serão com os brancos. A lista é extensa: Pinot Grigio, Chardonnay, brancos bordaleses, Viognier e Chenin Blanc. Quanto mais cremosa, mais encorpado pode ser o vinho.
Se a receita for do tipo pedaçuda e rústica, ou um Minestrone, ou uma sopa de leguminosas como lentilha e grão de bico, os tintos serão as melhores opções: Côtes du Rhone, Syrah jovem ou um Chianti clássico.
Saúde e bons vinhos!
Vinho da Semana: ótimo para acompanhar um creme de tomates.
Côtes du Rhône Closerie Saint Hilaire Garnacha – Syrah 2014 – $
Apresenta uma bela cor rubi escuro. O nariz apresenta notas de frutos vermelhos. Os taninos harmoniosos apoiam uma boca larga e elegante, apresenta bom equilíbrio e boa persistência.
Compre aqui: www.vinhosite.com.br

 
 
 
 
 

 
 

author
Engenheiro, Sommelier, Barista e Queijeiro. Atualiza seus conhecimentos nos principais polos produtores do mundo. Organiza cursos, oficinas, palestras, cartas de vinho além de almoços ou jantares harmonizados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.