Nós e a Terra


Mais um terremoto hoje na Indonésia. Estou publicando direto esses fenômenos no entorno do anel de fogo.
As ilhas do Pacífico, como Papua, Nova Guiné, Filipinas, Japão, Fiji, Austrália, Nova Zelândia, Indonésia e outros países têm registros diários com dezenas de réplicas.
A costa Norte-americana toda e até o miolo dos EUA está engrossando as estatísticas.
No Alasca a cada minuto várias regiões tremem. O vulcão Kilauea expele magma e línguas de fogo continuamente.
Os países do Caribe, no Atlântico, integram outro grupo de países com os mesmos eventos, alguns de grandes impactos, devido à movimentação da placa caribenha.
Quem não se lembra do que se passou no Haiti? Um terremoto de mais de 8 graus de magnitude vitimou 200 mil pessoas. Até hoje o país não se recuperou tamanha a devastação.
Aqui na América do Sul, vizinhos como Peru, Chile, Colômbia Bolívia, Equador e Argentina também têm convivido com esses abalos. E alguns nós sentimos aqui no Brasil.
Países europeus, próximos ao Mediterrâneo, e asiáticos têm tido eventos leves a moderados.
A Terra está se movimentando, se transformando, escavando, gerando fendas, comprimindo continentes e ativando os vulcões.
E nós? Estamos no meio de uma grande placa mas não livres de consequências. Vamos cuidar melhor da terra porque ela segue seu próprio curso.
https://exame.abril.com.br/mundo/terremoto-de-62-graus-atinge-a-indonesia/

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *