O Greenpeace de verdade

Para todos vocês que ainda acham que o Greenpeace é algum coisa diferente de um clube de ladrões:

Quem fala é Patrick Moore, fundador do Greenpeace.

“Quando o movimento foi criado o objetivo era “o Verde e a Paz, contra a ameaça Nuclear.

Depois tentaram dizer que os Homens são inimigos da Natureza. Não. Fazemos parte da Natureza. Dizer isso, então, é como uma “religião negativista”.

O caminho que a organização Greenpeace tem seguido é criar medo nas pessoas usando mentiras. Quer apenas ter mais membros e muito dinheiro. E está sendo usada pela esquerda para criar isso:

“Sensation, misinformation and fear” (Sensacionalismo, Informação falsa e medo).

No início todos éramos voluntários, diz Moore.

O Greenpeace primeiro virou uma empresa e depois se transformou numa máfia.

“A Mafia to take money from people’s Wallet”: Uma máfia para roubar as pessoas.

Patrick Moore é doutor em Ecologia e afirma que quando deixou a direção da Instituição ele era o único cientista ligado à área.

Todos os demais eram ativistas políticos, ativistas sociais e todos da esquerda.

Alguma dúvida?

Se houver é a sua falta de habilidade no Inglês. O Greenpeace é pra inglês ver: uma instituição criminosa.


Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *