Caso Boechat: O Motivo da Queda do Helicóptero


Não foi o elemento “ar” que derrubou o helicóptero, nem a conspiração cósmica, forças ocultas ou sabotagem: foi a simples e pura sacanagem da irresponsabilidade humana.
A culpa não é de Deus, é do ser humano: única e exclusivamente!!!
Qualquer semelhança com o caso da Chapecoense não é mera coincidência.
SEGUE ABAIXO:
“Do mesmo Comandante:
Helicóptero acidente Boechat:
Voo em rota SP > Campinas já apresentou limalha na turbina.
Pousou, desembarcou Boechat e seguiu para o Aer Amarais em Campinas, *com limalha na turbina acesa / luz vermelha*.
Pousado em Amarais, o Mecânico, sabedor que esse helicóptero era um Frankstein *(várias peças de outros helicópteros acidentados montado num só)*, se recusou a mexer.
Sugeriu que o Comandante ligasse para o próprio mecânico.
O Comandante fechou as tampas do motor e voltou para o heliponto para buscar o Boechat.
*Decolou com luz de emergência / limalha no motor acesa*
Na rota Campinas > SP de retorno, Flame Out (apagamento do motor)…
Limalha na turbina e na transmissão, segundo quem conhecia a máquina e o Comandante, era “comum” acender a emergência e continuarem o voo.
O seguro não vai pagar um centavo, porque ele não tinha autorização para fazer táxi Aéreo, como fazia constantemente.
Infelizmente o abuso, por parte do Comandante superou todas os limites”.
Quem contratou o helicóptero?
A ZUM BRASIL, terceirizada que a LIBBS (Ind Lab Farmacêutico) incumbiu do transporte.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *