8 de agosto de 2022
Veículos

Um lançamento com 60 anos

Em 1962 – e, portanto, há 60 anos – a Willys Overland anunciava em nosso país a breve chegada de um carro (na verdade, uma versão atualizada de um modelo já extistente) que, como fez questão de destacar, fora desenvolvido em no Brasil, especialmente para as “condições brasileiras” (leia-se péssimas estradas, combustível inferior ao dos países desenvolvidos, clima mais quente…).

No filme de época abaixo, que garimpei no canal da fabricante de componentes Dana no Youtube, essa história é contada, com toda a pompa, circunstância e ufanismo típicos da época. Vale como curiosidade e, também, como uma breve viagem no tempo, durante a qual a gente nota que, se muita coisa mudou na maneira de se desenvolver e testar automóveis, outras tantas coisas parecem se manter iguais. Vale conferir.

Como pequena complementação, acho que vale mencionar que, dese sua origem, ainda no EUA, o Aero foi realmente desenvolvido para ser durão. Ele usava boa parte da base mecânica do bom e velho Jipe Willys, com seu chassis e motor “à prova de balas”.

Um tanto quanto descasado dos conceitos que, hoje, norteiam a indústria automobilística em termos de eficiência energética, segurança e mesmo desempenho, mas, sem dúvida, muito apropriado para o contexto em que foi lançado. Tanto que, depois de lançado, em 1963, teve bastante sucesso, permanecendo no mercado até 1971 – já sob a bandeira da Ford, que comprara a Willys em 1967.

Fonte: Blog Rebimboca

Jornalista, blogueiro e motorista amador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.