Troca a carrapeta, Bolsonaro

Sabem o porquê desse alvoroço todo com uma troca simples e constitucional de um Presidente de estatal?

Foto: Google Imagens – Brazil Journal
 Vai ser fechada mais uma torneira de enriquecimento fácil.

Alegam, perdas de bilhões para a empresa e seus acionistas.

Como assim?

O maior acionista não é privado, somos nós, vocês, eu, o povo brasileiro. E, enquanto assim for, a empresa deve satisfações a todos seus acionistas, sobretudo, ao majoritário.

Estamos na porta de uma greve de consequências catastróficas para o país.

Na última greve de caminhoneiros, o Brasil, não a Petrobras, perdeu 7 bi, ao dia, e quem pagou o pato, mais uma vez não foi o mercado e seus especuladores, fomos nós.

Essa farsa tem de ser desmascarada.

A Petrobras tem uma diretoria, além do Presidente da empresa, que recebe, entre salário e bônus, mais de 400 mil/mês, dinheiro pago por você, eu e todo o povo. Então, não cabe ao atual Presidente da BR, dizer que greve de caminhoneiros não é problema dele.

Tampouco, como se soube, podemos derramar uma fortuna desse vulto para trabalharem no conforto de suas casas, algumas, a centenas de quilômetros da sede da empresa.

Essa vergonha que a mídia e a oposição esquerdista defende, esconde e protege, a velha máxima:

Para nós as benesses. Para vocês, o prejuízo.

Sempre se trocou Presidentes de estatais, sem que, se quer, houvesse um mínimo questionamento e, nem haveria de ser diferente, é constitucional e um direito, além de dever do executivo, assim agir, se identificar possíveis erros e consequências danosas.

Para o país ou por simples preferência, já que o tempo limite para o termino da administração do atual dirigente, acabou.

Falar em perdas de valor da Petrobras por essa mudança, é cortina de fumaça para encobrir suas perdas em eternas falcatruas dos emaranhados de impostos, tributos e comissões por baixo do pano.

Tudo que Bolsonaro tem pedido a estatal, é transparência.

Tudo que tem conseguido como resposta, é a indiferença.

Você manteria essa situação de desconforto diante de um subordinado?
Onde estava essa mesma mídia enquanto a Petrobras era surrupiada, tendo, primeiro como seu comandante, o próprio Presidente do Partido dos Trabalhadores e, depois dele, vieram outros dois, já processados e presos.
Essa mídia, nunca gritou quando Dilma comprou Pasadena ou investiu uma fortuna em refinarias no nordeste num claro movimento para beneficiar a Venezuela ou quando Evo Morales nos tomou na mão grande, com o óbvio consentimento de Lula, as instalações da Petrobras na Bolívia.
Esses desavergonhados jornalistas nunca suspeitaram de nada, a inocência brota espontaneamente com régias propinas e dinheiro público fácil.
Teremos a chance, sob a direção de um competente gestor, mudar essa situação que nos torna escravos de acionistas minoritários que embolsam os lucros e socializam os prejuízos.
Brasília e seus corruptos estão em polvorosa.
Um dos seus últimos redutos de “Negócios” foi esfacelado. Ainda por cima, já foram notificados que a próxima mamata a ser exterminada será a Eletrobras.
Caramba, assim não dá.

Mais do que nunca…

FORA BOLSONARO!!!

Pra cima deles, Capitão!

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *