25 de maio de 2024
Uncategorized

Basta!

camra-rio
O Brasil se tornou um lugar muito insalubre. Onde quer que se esteja, somos brutalmente violados em nossos direitos fundamentais. Vivemos sob a égide de senhores feudais, que cospem na Constituição quando bem entendem e precisam dela tirar vantagens (pessoais, sempre).
Apesar do hercúleo trabalho da Força Tarefa que compõe a Operação lava Jato, os resultados ainda são pequenos. Os poderosos continuam reinando absolutos, crentes de que jamais serão atingidos.
No mesmo dia em que o Rio de Janeiro decretava estado de calamidade financeira, um grupo de vereadores tentava dar forma e legitimidade a uma boquinha de uns R$ 15.000,00  vitalícios.  É tão bizarro quanto inacreditável, não apenas o fato, mas as reações das Excelências ante a revolta da sociedade diante do absurdo. Usaram o expediente de sempre: culpa da imprensa.
E tudo fica por isso mesmo. Daqui a pouco tentam de novo, e de novo, e de novo, até conseguirem.
Renan Calheiros mantém sua performance de cangaceiro do Planalto, sem que ninguém consiga detê-lo. Lula continua sendo Lula, o oportunista de sempre, insuflando movimentos que contrariam qualquer sentido de bom senso, como a invasão das escolas por garotos de cabeça oca, que absorvem como robôs qualquer discurso meia boca. E os pais dessa moçada? E o Poder Público? Por que não agem?
É disso que estamos á mercê, dia e noite, e de quebra pagando os impostos mais altos do mundo.
Na Suíça um cidadão doa 63 horas de trabalho para quitar seus impostos (anual). Aqui no Brasil são 2.600 horas. Sim, você leu direitinho: 2.600 horas trabalhadas para pagar os impostos  brasileiros.
Enquanto isso, há estimativas circulando que afirmam ser de 10 trilhões de reais o total roubado do país nesse período em que o PT governou. Sim, você leu direitinho: R$10.000.000.000.000,00.
Evidentemente eu entendo ser praticamente impossível se consertar em tão pouco tempo o que se levou décadas para ser destruído. Mas a sociedade não suporta mais, está esgarçada, descrente e dilacerada com tanta falcatrua e tão poucos resultados favoráveis.
O Estado não pode mais ser tão leniente. Por que raios o Poder Públivo demorou tanto para começar a reintegração de posse das escolas? Foram quase R$ 20 milhões de prejuízo por conta disso. Até quando olharemos esse cenário com cara do mais autêntico e genuíno otário?

O Boletim

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *