Tudo preparado para uma Guerra Civil e o controle de todos nós

Les policiers déclarent que les tirs de “Flashball” à la tête sont “bien sûr” autorisés.
©Patrick Hertzog/AFP

Há mais de 20 anos a política é esta: desarmar a população e treinar tropas. Por exemplo, o treinamento para uma Guerra Civil, com estações de metrô, Mesquitas e toda uma infraestrutura na Alemanha que era comunista: DDR! Tudo pronto. Polícias especiais treinadas para sobrevoar e dizimar protestos e manifestações, como a dos “coletes laranja”.
Bolsonaro foi a grande zebra que atrapalhou o esquema criminoso e ele precisa ser informado que não dá pra continuar com esse amadorismo simplório. Bolsonaro, você precisa ter pessoas especializadas como a esquerda tem. E faz tempo. Dona Angela Merkel não está brincando. E no Brasil as pessoas sequer têm noção de que a fulana entrou num partido conservador, o mais conservador e minou por dentro.
Acusam por exemplo, a oposição de fascista e nazista, o partido AFD, que renasceu das cinzas. E cuja presidente é uma lésbica, mas a opção sexual é pessoal e intransferível. Um dos principais líderes do AFD é um africano, que é um intelectual alemão, sim, cidadão alemão.
Cuidado, as petições da turma que “estoca vento”, não tem nada de engraçadas. Ontem, por exemplo, uma das mais efetivas delas pede ajuda financeira e informa que estão sendo pagos 6 hackers no Brasil e que já retiraram 25% das postagens do Bolsonaro. E vão implementar mais. Ou seja, o mesmo fazem com a questão do Brexit na Inglaterra. Colocaram em outdoors postagens que foram apagadas por políticos e pessoas de destaque.
Ora, ora… as pessoas mudam de opinião. Não é? Quanta gente votou na dona Merkel? Quanta gente votou no Lula porque FHC encerrou o governo numa crise espetacular? Ou vocês já se esqueceram disso? Cuidado com as aves migratórias. Os partidos que aparecem, novas legendas.
Aqueles que apoiam, mas não passam de belos algozes, e , muito bem pagos. Estranho, ver a Revista Veja pedindo ao Bolsonaro para provar resultados positivos com porte de armas. Deveria mostrar os resultados negativos e o caos instalado com o desarmamento. Porte de arma custa caro.
Antes, era como Bolsonaro quer refazer, mas a violência era infinitamente menor. O Brasil do FHC, até Temer, virou o país mais violento do mundo – mata mais que todas as guerras. Mas a Veja não sabe disso. Nem a Globo, nem a Folha, nem o Estadão… E nem você, que não presta atenção. Mas os hackers e o movimento mundial da esquerda criminosa cresce. Vá passear na ex DDR. Você não vai acreditar. Mas antes disso, passeie nas Mesquitas no Paraná, no interior de SP, no RS, no Pará. Escolas de islamismo.
Mas, que tal você observar que os governos anteriores dispensaram visto para pessoas oriundas de países islâmicos. Que tal você ir além, e ver quanto custa no mercado paralelo um passaporte brasileiro? Afinal, brasileiro tem cara de qualquer coisa, pode ser chinês ou africano. Vocês não têm ideia do que é a coisa. A coisa é outra coisa. O buraco é muito mais embaixo. E vocês só vão se dar conta quando explodirem a cabecinha dos seus amigos e parentes. De um lado bocós, de outro Bozós.
Bolsonaro, que alguém te informe. Você continua como alvo… E os seus apoiadores são como as marés, trate de usar a mesma estratégia da esquerda. Se arme com tecnologia e pare com esse mimimi de falar em linguagem surdo-muda. Grite, rapaz. Bote a boca no trombone ou você vai para o saco. Não tem amador nessa guerra. Menos ufanismo. Mais visão do alto.
http://www.francesoir.fr/societe-faits-divers/flashball-des-policiers-affirment-que-viser-la-tete-est-autorise-video?fbclid=IwAR023lR0b_NBBaZD7Rk7suJ6tAc2yUTW8cC_J8-aLkcLKcRqVQNdbH13Ilo

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *