21 de julho de 2024
Junia Turra

Ridículo o jogador. Mais ridículo, o torcedor!


Me desculpem, mas a seleção brasileira (letra minúscula)participa da Moscow Fashion Week ou vai calçar chuteira?
Sinceramente, o país atolado na merda…
Você tem certeza que um indivíduo assim te representa como cidadão?
Neymar, a estrelinha escalafobética e demais do grupo em viagem com mordomias de sultanato árabe? E vc pagando sem ter nada em troca?
O boçal semianalfabeto e os agregados vão a campo gravar propagandas para os patrocinadores e se valorizarem mais enquanto indivíduos. Em campo? Depende da festa do dia anterior…
Me lembrei da Argentina! Em 2001 com a economia detonada não tinha dinheiro para a Seleção. Messi colocou dinheiro dele, assim como outros argentinos (o dono do MoMa, um dos museus imperdíveis com coleção particular) e assim puderam disputar a Copa da Coreia do Sul e Japão em 2002.
Ah, e o que você vai falar para os seus filhinhos animadinhos com a Copa? Fale de futebol.
Dá uma passada na cultura Inca, e aprenda como a qualificação física e a determinação para vencer provas levavam à escolha do “líder”.
Passeie pela perseverança, trabalho em equipe e determinação da Alemanha que venceu por méritos próprios.
Conte a história da Argentina, catimbando ou não, os jogadores vão representar o país e o povo deles.
Não venha com o chavão: ” vou torcer sim, porque não misturo política com esporte”. Já misturou! Porque ninguém dá mais do que pode…
Ah, é só uma pergunta: esse sujeito da foto te representa? A mim, não! Se vai torcer mesmo, fica a dica de passeio turístico: Na ida ou na volta da Rússia, vá tomar uma no Butão!

Junia Turra

Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *