Aprenda o que é "empatia"


Nada mais fora de órbita do que a palavrinha “guerreira”. E agora , versão 2019 vem a tal *empatia*. E usam com sentido errado.
Simplesmente assinam o atestado de semianalfabetos. Booooora guerreira, aprende:
Há empatia entre nós!
Empatia não se cria
Empatia não se manifesta.
Há ou não.
Existe ou não.
Se não aprender, vai ser difícil haver empatia. Vamos lacrar : booooora !
E vou acrescentar aos que querem um sentido mais amplo e metafórico.
Sentido maior pra palavra dá quem pode.
O Brasil está entre os países do planeta com maior índice de analfabetismo. 85% da população não entende uma mensagem de outdoor, seja escrita ou por imagem, segundo pesquisa feita em 2017 pelas agências internacionais de Publicidade e Propaganda.
E segundo pesquisa recente, é o segundo país do mundo onde as pessoas não têm noção da própria realidade. África do Sul em primeiro. Mal assinam o nome. Logo, comecemos pelo uso correto do pronomes e do verbo ser. Metáfora ficou em Guimarães Rosa. O Brasil é o país do mim.
Mim vai empatizar com você. Nóis vamo empatizar. Agente vamos empatizando!
E enquanto continuar com muito achismo e pouco estudo: empáfia a mil e empatia, zero!
Quem pode o mais, pode o menos. O inverso não é possível.
Tem milhões que não têm o que comer e foram jogados abaixo da linha da pobreza. Não circulam ao seu redor. A amostragem é maior do que a do nosso convívio.
Não sabem o que é empatia. Não porque não querem, mas porque não foi a eles permitido. Sejamos “empáticos”? Sejamos “enfáticos”.
Hora de colocar primeiro o pingo no “i”.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *