Primeiro VW projetado como carro elétrico já está rodando por aí


Apresentado como o carro conceito ID em 2016 (abaixo), o primeiro modelo da Volkswagen inteiramente projetado e construído para funcionar apenas com eletricidade já está em testes de pré-produção (acima). Com um tamanho semelhante ao do Golf atual, o hatch médio deverá ser lançado na Europa no segundo semestre de 2019 e será o primeiro de toda uma nova geração de veículos da montadora alemã – que tem como meta produzir apenas veículos híbridos e elétricos no Velho Continente até 2030.

Na Alemanha, a VW já tem em seu cardápio carros híbridos e versões elétricas de alguns de seus modelos – como o e-Golf e o e-up! Esses automóveis, porém, foram originalmente projetados para funcionarem com os tradicionais motores a explosão e, na prática, suas versões híbridas e elétricas são adaptações dos projetos iniciais. Qual a diferença deles para carros criados “do zero” como elétricos?

Para começo de conversa, os motores empurrados por elétrons podem ser bem menores que os a combustão, ocupando bem menos espaço. Além disso, há características específicas, como a acomodação das baterias – que sofre algumas restrições estruturais de localização e de peso em modelos que não foram inicialmente concebidos para carregá-las e até mesmo a posição dos eixos e rodas em relação à carroceria.
Resumindo, de um modo geral, os automóveis nascidos elétricos podem contar com mais espaço para passageiros e bagagens que seus equivalentes adaptados, além de oferecerem melhor dirigibilidade, por conta de uma melhor distribuição de peso, por exemplo.

Embora nas fotos esteja disfarçado com esse clássico pijaminha rajado – criado para dificultar uma identificação mais precisa de suas linhas e acabamentos –, o carro ainda sem nome definitivo já está bastante adiantado em seu desenvolvimento e já passa por testes de homologação. Ou seja, já está quase pronto para ira para as lojas. Em outras palavras, o que você vê nesta página é o primeiro de muitos modelos totalmente elétricos da VW que substituirão os que conhecemos hoje ao longo dos próximos anos. Primeiro na Europa, mais tarde, aqui no Brasil. O que até pouco tempo era “coisa pro futuro” já começa a ter data marcada.
Fonte: Blog Rebimboca

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *