20 de julho de 2024
Colunistas Fernando Gabeira

Diário da crise CDXLVII

Semana confusa, sobretudo na CPI. Houve quem não falasse nada, como é o caso de Carlos Wizard, e quem tivesse falado demais, como o cabo PM João Paulo Domingueti.

O tema central que a CPI precisa investigar agora é o caso das vacinas da Covaxin. Como foi possível autorizar um negócio de R$1,6 bilhão com tantas lacunas documentais e de regulação.

A semana termina com dois reveses para o governo. A Procuradoria, depois de muitas hesitações, decidiu investigar Bolsonaro por prevaricação. Até que a PGR queria mais tempo, até o fim da CPI, mas a Ministra Rosa Weber foi contra empurrar a questão por mais tempo.

A Procuradoria resolveu também investigar o ex-ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, por omissão na compra das vacinas.

Há algo mais preocupando o governo. O Ministro Alexandre de Moraes decidiu apurar a existência de uma organização criminosa na internet, espalhando fake news e defendendo saídas antidemocráticas. Nesse processo, os filhos do presidente, Flávio, Eduardo e Carlos, sobretudo este, podem aparecer.

O fato político da semana, entretanto, foi a decisão do governador Eduardo Leite de assumir sua homosexualidade. Decisão corajosa que mereceu uma chuva de elogios e palavras de estímulo vindo de horizontes diversos.
Segundo as pessoas que seguiram as eleições no Rio Grande do Sul, Eduardo Leite se elegeu sem demagogia, anunciando as dificuldades que seu governo teria pela frente.

Nesse momento em que tanto se discute uma terceira via um espaço congestionado de candidatos em potencial, Eduardo Leite deu um passo para neutralizar comentários preconceituosos,  fixando-se nos temas essenciais de uma campanha.

O problema central da terceira via é que hoje todos os candidatos se acham com chance. Há um caminho pela frente e aqueles que têm boa vontade vão descobrir, antes da eleição, quem as pessoas preferem na ocupação desse espaço. Nesse momento, talvez desistam a favor do preferido pelos eleitores.

Mas talvez seja cedo para falar de eleições uma vez que a crise escalou. Dependendo das investigações, o impeachment vai ganhar força nas ruas e no próprio  Congresso.
Semanas complicadas nos esperam. O inverno chegou mesmo. Tenho visto imagens de São Joaquim, onde estive nesse período do ano, e imagino o frio que faz também em São José dos Ausentes, ali perto.

Pensando nessas cidades, o Rio é tranquilo, com sol  brando e água ligeiramente fria.

Fonte: Blog do Gabeira

Fernando Gabeira

Jornalista e escritor. Escreve atualmente para O Globo e para o Estadão.

Jornalista e escritor. Escreve atualmente para O Globo e para o Estadão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *