Falta de vergonha na cara

De repente me bate um… saco cheio, em bom português, uma raiva de levantar de manhã e saber que o que quer que eu vá ouvir no noticiário do rádio, ou ler na Internet vai sempre, invariavelmente, falar de mal feitos, falcatruas, sacanagens, ladroagens, todos tentando de tudo para salvar sua própria pele e, pegos com “a mão na grana” – tanto dinheiro que cai das bolsas, dos bolsos, das malas, das caixas – continuam jurando inocência e garantindo que a grana era para pagar campanhas eleitorais… Triste constatação: ninguém mais tem VERGONHA NA CARA…
Há algum tempo não dou “o ar da graça”. Falta de assunto? Não, tem assunto de montão, mas todos eles nos envergonham…
Ontem, aquele congresso às baratas, por exemplo: essa imagem, juntamente com as malas de gedéis, dão a exata medida desta república de bananas…

E nosso meliante mor não terá com quê pagar os projetos “pessoais” e cargos interessantes para suas excelências desviarem mais algum.
Assim, como se diz em francês, com espírito de porco… digo, de corpo, as excelências não aparecem para “trabalhar”!
E nós, o povo? Ah, ninguém se preocupa conosco: ninguém MESMO!
Bananas, somos bananas e nossa diarreia mental – amnésia é chique demais – nos fará votar nos mesmos que hoje escarnecem de nós, roubando às escancaras…

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *