Sobre crianças, presentes, polícia e armas


É claro que é louvável a iniciativa de policiais, ou de quem quer que seja, distribuir presentes a crianças. Mas ainda choca ver uma criança recebendo um brinquedo de uma pessoa, mesmo que ela esteja a trabalho, que está empunhando uma arma maior que o corpinho de quem recebe o presente.
Ô gente, a imagem é anacrônica. Eu sei que muita gente vai ver esse vídeo, ler esse post e pensar: “ah, mas essas crianças já estão acostumadas com as armas dos traficantes”… Embora a maioria dos que assim pensam não tenham coragem de escrever isso aqui.
Mas polícia é polícia e não misturo as armas dela com as armas do tráfico, muito menos a relação dela com as crianças com a relação do tráfico com a infância ao seu redor. Sei, obviamente, que a Polícia não pode andar desarmada. Mas seria impossível alguns permanecerem armados em posições corporais mais discretas e quem entrega o brinquedo deixar o fuzil de lado por uns minutos?

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *