O casamento que uniu a direita e a esquerda

Foto: Arquivo Google – UOL Notícias

Este casamento traduz o Brasil. Renato Meireles é um moço rico, do PC do B, desde criancinha. Tem uma agência/instituto chamados Locomotiva e Data-Popular, contratados por todo mundo rico e por políticos, geralmente ricos, que querem entender como funciona a cabeça e o comportamento dos pobres.
Meireles é especialista em pobres, certo? Sabe tudo sobre eles e ficou rico traduzindo os pobres para os ricos, ricos políticos ou ricos empresários. Agora ele está trabalhando na campanha de Henrique Meirelles, que, apesar do nome, não é seu parente.
E como sabemos, Meirelles, o Henrique, não sabe nada de pobre, o que torna o trabalho de Renato fundamental para ele.
No último sábado, Renato Meireles casou. Renato Meireles é um cara tão bacana, tão descolado, e talvez por isso ele tenha escolhido gente pobre como objeto de trabalho e renda, que conseguiu, no meio do turbilhão eleitoral, fazer a esquerda e a direita cancelarem a agenda de campanha e juntá-las no seu casamento, todos ao mesmo tempo agora.
Vejam bem quem: Henrique Meirelles, Guilherme Boulos, o que chama Henricão de “50 tons de Temer”, Manuela D’Ávila, “a garota papo firme que Luís Ignácio falou”,e Katia Abreu, a quem a turma de Boulos e da Garota Papo Firme chama de Musa Motosserra.
Se isso não é um casamento supra, pluri, pós, pan-partidário, então me digam o que é.
E vão pensando que a esquerda só se une na cadeia e que direita e esquerda não se frequentam nos salões, para tomar todas e descer até o chão.
Esse Renato Meireles é o cara!
Colocar Boulos e Meireles brindando juntos… né fraco não…
E vejam e leiam com seus próprios olhos. Ficam aí só lendo memes…
Achei a coisa mais fofa Manu Ternurinha numa mesma foto com Meirelles, o AS de ouro do Temeroso. Será que não chamaram Bozo?

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *