Lula quer partir pra porrada


O ex-presidente Lula contava com duas frentes para se livrar de condenação e concorrer à presidência: uma é o amparo irrestrito do STF, que vai livrá-lo da cadeia. O outro é o apoio popular, por isso a insistência nas caravanas pelos rincões do país.
Ele não esperava, entretanto, que o segundo grupo não era assim tão confiável. Ele e seus aliados foram pegos completamente de surpresa ante as reações de Bagé, Passo Fundo (onde nem entraram), Santa Maria, Chapecó e Florianópolis.
Depois de um breve freio de arrumação, já armou e anunciou a sua estratégia, uma vez que agora só conta com os ministros do STF para livrá-lo de qualquer mal: vai partir para o confronto. Prometeu “porrada” a quem se interpor no seu caminho. Lula gosta de pastos livres, ou no mínimo povoado por cordeiros.
Depois do que fez o STF na última quinta-feira, expondo as vísceras do país ao que há de mais sórdido e espúrio, quem vai se responsabilizar pela guerra que o SUPREMO DOS SUPREMOS vai instalar?
Se a última instância da justiça roeu a corda, quem irá nos defender, como diria o doce Chaves?
Quem sabe não é hora de nos defender sozinhos, sem muletas e bandeiras?

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *