22 de julho de 2024
Uncategorized

A falta do "erramos" nas notícias


Gente, para que tá feio. Ficou muito, mas muito feio mesmo, a publicação de uma nota sobre suposta recusa de uma garota em cumprimentar o presidente.
Não houve recusa, a garota foi super exposta desnecessariamente e jornalões, revistões e afins ficaram com cara de bunda porque compartilharam notícia sem a devida apuração.
Sem responsabilidade não se atrai credibilidade.
Quando um médico erra o diagnóstico pode matar o paciente.
Quando um jornalista erra, e erra deliberadamente, coloca em descrédito um pilar da democracia.
A nota fantasiosa mostrou o quão responsáveis são os jornalistas que copiam e colam notícias sem apurar.
A reação foi em cadeia, confiando no peso institucional que tem o jornal de origem da nota.
Meu povo, vale uma bela nota bem dada se desculpando com os leitores, talkey?

O Boletim

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *