1 de julho de 2022
Tecnologia

Instagram limita exibição de stories de quem posta muito; saiba como

Crédito: ALEX_UGALEK/Shutterstock

Sabe quando você abre os stories e alguém publicou dezenas de vídeos e fotos em uma enorme sequência? O Instagram está fazendo testes para esconder parte desse conteúdo nos stories com uma nova função que faz com que o usuário precise clicar manualmente para ver o resto.

A mudança é aplicada para usuários que postam muitos stories e pode impactar, por exemplo, o alcance de influenciadores. Com a alteração, passa a ser necessário clicar na opção “mostrar tudo”, que aparece embaixo do nome do usuário, para visualizar todo o conteúdo.

Em contato com o Olhar Digital, o Instagram informou que o novo recurso dos Stories está em fase de testes para apenas um pequeno grupo de usuários e que não há previsão para quando e nem se essa função vai ser lançada oficialmente para todos.

“Este recurso está em fase inicial de desenvolvimento e sendo testado com uma pequena porcentagem de pessoas na plataforma. No momento, não temos planos de lançamento para compartilhar, mas avisaremos sobre qualquer atualização”, disse o porta-voz da Meta.

No Twitter, usuários que tiveram a nova atualização comentaram sobre a mudança

Além dos stories do Instagram

Essa não é a única atualização recente do Instagram que gerou polêmica. Longe dos stories, a plataforma atualizou a DM e passou a avisar quando prints são feitos em uma conversa programada para desaparecer.

Ou seja, se você capturar a tela de alguma DM que esteja configurada para desaparecer, o outro usuário será avisado sobre o print.

Mark Zuckerberg avisou que a empresa está trabalhando em uma “atualização para bate-papos criptografados do Messenger para que você receba uma notificação se alguém tirar uma captura de tela de uma mensagem que desaparece”.

Ao optar pelo modo temporário, as mensagens enviadas e recebidas no bate-papo desaparecem após 12 horas, como se nunca tivessem existido. Caso você feche a conversa antes disso, as mensagens também vão desaparecer.

Fonte: Olhar DIgital – por Lucas Soares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.