Desiludida com a esquerda


Cansei. Perdi as ilusões com a esquerda depois de ver os “progressistas” destruírem o Brasil com seus crimes em 14 anos incompletos. E as ilusões não podem ser reencontradas uma vez perdidas. No mais, gosto de Ordem e Progresso. E a quadrilha não desiste, dinheiro não falta.
Não dá para comprar (e ajudar a financiar) o “novo” Jornal do Brasil que estreia com artigo “assinado“ por Lula. Como se o Brasil (e toda a torcida do Flamengo) acreditasse que o semianalfabeto do ex-presidente, condenado por lavagem de dinheiro e corrupção, soubesse escrever e como se a opinião de um criminoso fosse relevante. Mais fake news. Novo braço impresso do PT e da esquerda no Rio de Janeiro. Sem falar em outros membros da redação, vários deles recebendo polpudas indenizações mensais por terem sido “vítimas da ditadura”. Tive uma empregada que costumava dizer diante de fatos inaceitáveis: “— É mole ou quer mais?”
Estou farta da esquerda e das mentiras da esquerda: tudo acaba em roubo, é tudo por dinheiro para eles, seus cúmplices e seus apaniguados. E isso não significa que eu seja racista nem homofóbica . É a esquerda que é racista e homofóbica com todos os que não são de esquerda. Não é o que se diz, é o que se faz. Basta observar.
Alguém comentou: ”Não é preciso falar de ladrão para classificar esquerda. A simples ideia de igualdade é injusta diante do mérito e empenho diferenciados.” Concordo inteiramente.
Também gostaria de lembrar, para quem chama de nazista quem não é esquerda “progressista”, que o partido nazista alemão era de esquerda, apesar dessa mesma esquerda afirmar hoje que era de extrema direita. Senão, vejamos: Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães – Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei. (Ein Volk, ein Reich, ein Führer ( um povo, um império, um líder)

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *