Distribuição de senhas no STF?

Foto : Fernando Frazão/Agência Brasil
Deve ser difícil trabalhar no STF de hoje e manter-se distante das negociatas que acontecem por lá.
Não participar do leilão sórdido de liberar das prisões os criminosos compadres e amigos de amigos deve ter um preço muito alto.
A instituição legisla como nunca ocorreu antes nesse país. Contorna leis, altera a Constituição com interpretações vis que fariam ruborecer até o mais solene cara de pau.
O que respinga já  é o suficiente para feder.
Em que pese o salário altíssimo e todas as mordomias, dormir em paz  deve ser complicado.
O clima no ambiente de trabalho deve ser hostil, insalubre e altamente tóxico.
E Moro quer entrar nessa roubada.
É preciso ter estômago de aço para digerir o chorume que vaza da coisa toda.
Antes de invejar todas as benesses, a lagosta e o caviar farto, é um dever pensar naqueles que catam feijão duro para comer, dia sim, dia não. Ninguém sai impune de um enredo como esse.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *