2 de julho de 2022
Junia Turra

MerDel: Tentando ganhar tempo


Mais, muito mais de um milhão de asiladinhos foram enfiados por dona MerDel só na Alemanha desde 2015. E num esquema de corrupção sem igual .
Os tentáculos ligam à América de Obama ao Norte e aquela abaixo do Equador: encontrou o Brasil aí? Onde os ignorantes da esquerda inútil, afirmam que os colonizadores tem que pagar a conta?
Podemos exterminar os milhares de brasileiros, africanos ou europeus que colonizaram e até hoje ocupam e exterminam os nativos indígenas? Todos da esquerda local, entrem na fila vip, please!
A começar.pelos racistas que criam “cotas raciais”. Serra, Fernando Henrique e vocês safadinhos que escrevem coluninhas aqui e ali servindo ao grupelho, ocupem seus lugares.
A chanceler alemã, dona MerDel acha que “quem ganhar ou quem perder, não vai ganhar, nem.perder”. De quem é mesmo a frase?
ESQUERDA VOLVER!
Dona MerDel e a turma fascista travestida de antifascista está no partido conservador alemão , o CDU, fazendo a política da extrema esquerda. Deu para entender? Vou tentar explicar : “quando atingirem a meta, vão dobrar a meta”.
TENTÁCULOS ESPALHADOS
Como vocês não devem saber alemão, vou traduzir: dona MerDel e sua turma que está aí no Brasil, nos USA, pela América Latina, promovem uma guerra que corre solta e você não se deu conta ainda de que a cada dia vai sendo jogado pra escanteio.
Até o momento em que você vire escravo e possa ser exterminado numa fila para conseguir pão feito de baratas (barata e não batata) e um copo d’água. Isso não é brincadeira!
OS FATOS :
Onde estão os sírios da guerra? Onde está o dinheiro dos aposentados alemães, toda a contribuição feita pelo trabalhador alemão? O dinheiro dos impostos para o “social”?
Paquistaneses e argelinos, marroquinos, afegãos? Mas o que fazem esses “imigrantes”? Não são asilados! Mas receberam asilo! Onde estão as vítimas da guerra da Síria, dona MerDel!?
Porque os milhares que vivem há décadas na Alemanha vindo de países da África e do Oriente Médio, integrados à cultura, pagando impostos, querem saber. São cidadãos alemães, islâmicos, ateus, zebedeus. Por que importar gente que não cabe no quesito “asilo” e pagar por cabeça de 1200 a 1800 Euros?
DA FICÇÃO PARA A REALIDADE
O esquema de guerra para destruir a cultura vigente e implantar: pedofilia, prostituição, mulheres como coisas, drogas a torto e a direito, zoofilia, escravidão.
Uma classe no topo da pirâmide e bilhões de miseráveis se reproduzindo como ratos na miséria e no esgoto em que o planeta se transformará, sob o controle de drones e máquinas modernosas. Seremos um número. Não é ficção!
Mas o rei não está posto. Não está morto. A savana é do leão, dona MerDel. Ainda é! O povo alemão aguarda. Outros europeus aguardam a chanceler fechar as fronteiras.
Ela pediu duas semanas e correu para Macron, e corre para os coligados da Espanha…
Age contra o povo que paga a conta! Age contra um país, uma cultura, contra todos os povos que vivem em harmonia na Europa e na América.
Aguardamos…
Aguardamos a rainha de Copas…
Tic tac tic tac tic tac

author
Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.