“Tendo Deus, é menos grave se descuidar um pouquinho, pois, no fim, dá certo.”

Foto: San Galgano Abbey, por Andrea Simonetti – Mallorca78
Roberto Carlos voltou a cantar músicas fora do seu repertório há tempos, como “É Preciso Saber Viver”.

Fez uma alteração na letra, e a versão anterior tornou-se: “se o Bem e o Bem existem/ Você pode escolher…”
Roberto justificou dizendo que a mudança foi porque, na verdade, não há uma opção ao Bem.
Lembro que achei a justificativa canhestra na época e atribuí ao conhecido TOC recorrente do cantor, mas hoje, ao ouvir a música que não ouvia há anos, tive que concordar.
Podemos achar que o contrário do Bem existe e é muito atuante. Mas, na verdade, o Bem é, por si só, poderoso o bastante para que nada possa se opor a ele. E o que parece se opor, na verdade, está é trabalhando para o Bem.
Todos os caminhos servem ao Bem.
Ainda que possam não saber.
Não há opção. A gente é que acha que há.
Como dizia Guimarães Rosa:
“Tendo Deus, é menos grave se descuidar um pouquinho, pois, no fim, dá certo.”

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *