Decanter World Wine Awards 2020

Neste mês de agosto, reuniram-se 116 dos melhores experts de vinhos do mundo para degustar, às cegas e cercados por todas as medidas de prevenção possíveis, 16.518 amostras de vinho enviadas dos quatro cantos do planeta.

Selecionaram os 50 melhores vinhos deste concurso além de galardoar 178 medalhas de Platina, 537 de Ouro, 5.234 de Prata, 7.508 de bronze e inúmeras recomendações.

No grupo dos 50 melhores coube à França o maior número de rótulos premiados, seguido por Itália, Austrália e Portugal.

Alguns vinhos brasileiros foram premiados, o que já não é mais nenhuma surpresa.

Antes de mostrar estes resultados, gostaríamos de ressaltar que este concurso é aberto a qualquer produtor de vinho desde que preencha umas poucas condições, pague as taxas correspondentes e envie a quantidade de amostras solicitadas. Seus vinhos devem estar amplamente distribuídos no mercado e ter uma produção, mínima, de 600 litros por ano.

Sessenta e dois vinhos nacionais receberam medalhas ou recomendações.

A Serra Gaúcha recebeu o maior número de prêmios: 5 pratas; 21 bronzes e 9 recomendações.

As demais regiões foram: Campos de Cima da Serra, Campanha, Serra do Sudeste (SP), São Roque (SP), Serra da Mantiqueira (SP e MG),  Sul de Minas e Paraná.

Com relação aos tipos temos:

Tintos – 16; Brancos – 15; Espumantes brancos – 27; Espumantes rosados – 4.

Destacamos:

Storia Merlot 2015 da Casa Valduga;

Fumé Blanche 2019 (Sauvignon Blanc) da Vinícola Ferreira, que fica na Serra da Mantiqueira;

Tempos de Goes Reserva Sauvignon Blanc 2019 da Vinícola Goes em São Roque.

Entre os espumantes:

Moscatel da Vinícola Aurora;

Prosecco Rosé Brut da Cooperativa Vinícola Garibaldi;

Cult Brut da Ponto Nero;

Prosecco Brut da Salton;

Neste link, a página da Decanter, em inglês, com todos os vinhos brasileiros premiados:

Vinhos do Brasil

Saúde e bons vinhos!

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *