Saudades do Rio

Net-x-Sky
Queridos leitores, me sinto muito feliz aqui. Maridão e eu sempre corremos atrás de morar em um lugar tranquilo. NÃO ESTOU FALANDO MAL DO MEU QUERIDO RIO DE JANEIRO. A gente só queria uma cidade que não fosse um grande centro.
Muitas pessoas já comentaram que viemos para cá fugindo da violência. Como assim cara-pálida? Então correríamos para cá deixando meus parentes todos? E o meu irmão, o meu filhote, meus primos, minhas tias, meus amigos, enfim o resto da humanidade carioca? O único senão é o neto que veio ao mundo depois que viemos para cá. Caso fosse antes, teríamos ficado no Rio.
Bom, aqui é o paraíso, mas nem tanto. Eu tenho saudades de:
– cinema, cinema, cinema, cinema, cinema, principalmente das tardes que eu e minha filhota íamos ver filmes maravilhosos no cinema São Luís e depois…
– Íamos à Parmê do Largo do Machado para trocar ideias sobre que tínhamos visto.
– da minha querida turma da Praia do Flamengo e O MAIS IMPORTANTE:
– NET, NET, NET, NET, NET, NET e NET. Isso é o que dói mais, rs. Canal pago por satélite é a MAIOR ROUBADA. Se chove lá na Sibéria, a gente aqui perde o sinal. Se a dona da Sky resolve discutir a relação com o marido, ficamos sem sinal. Enfim, eu quero a NET com os seus cabos debaixo da terra. Pode chover, pode acontecer tudo, mas eu não perco o sinal.
Queridos, não sou sócia da NET (quem dera), mas eu acho inadmissível a perda do sinal, por causa de uma chuva. Desculpem a brincadeira, tá?
Um lindo final de semana para todos e até o próximo Boletim.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *