28 de fevereiro de 2024
Yvonne Dimanche

Esse ano não foi igual àquele que passou


Queridos leitores, divertiram-se muito no carnaval? Aqui em casa foi tudo tranquilo na maior paz de Deus. No entanto, a minha terça-feira foi um HORROR. Uma violentíssima chuva de 20 minutos com direito a granizo e uma ventania tão terrível que chegou a formar como se fosse um ciclone de poeira, sacos plásticos e areia da praia, sujeira essa que foi parar no alto do meu prédio, entupiu a calha e caiu uma tromba d’água no meu quarto.
Resultado: o teto vazou até ontem e foi perda QUASE total nos móveis, cama na varanda para secar e por pouco não perdemos a televisão cuja primeira prestação ainda nem foi paga.
Somente na quarta-feira conseguimos esvaziar tudo que está no armário e em uma cômoda. Nosso apartamento virou um acampamento. Sei que o condomínio e a seguradora vão nos ressarcir, mas isso leva meses.
Não sei como o granizo não quebrou as janelas. A sorte é que o único cômodo atingido foi o nosso quarto. Uma chuva que não durou quase nada fez um estrago enorme não só no meu prédio, como também em outros próximos.
Mas nem tudo foi desgraça. Soube que a cidade de São Paulo acabou com o estigma de ser o túmulo do samba e o povo brincou até não poder mais. Muitas pessoas reclamaram dos problemas de sempre: barulho, falta de banheiros, bagunça, sujeira e “tals”, mas gente, como controlar milhares de pessoas nas ruas?
O que importa é que o carnaval é uma festa popular e não é justo a alegria ficar limitada a apenas três grandes capitais: Rio, Salvador e Recife. Sim, sei que as demais cidades também têm grandes carnavais, mas as por mim citadas são as maiores.
Delícia das delícias foi ver a Portela ganhar e a minha escola predileta subir para a “primeira divisão”. No mais, como diria um grande amigo meu já falecido “tirando dinheiro, mulher e o Botafogo está tudo maravilhoso”, rs.
Um lindo final de semana para todos e até o próximo Boletim.

O Boletim

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *