Posts da semana

Nuzman e o complô olímpico

“Se a indignação não aflorar, a gente vai viver no país de merda”. Grifo meu: sem tutela de MBLs e VPRs , que têm claros interesses políticos em participar dessa panela. Já estamos vivendo no país de merda. Só precisamos tirar a merda do caminho. Não elegendo nenhum fdp que está no poder.
https://www.oantagonista.com/brasil/se-indignacao-nao-aflorar-gente-vai-viver-no-pais-de-merda/
Nesse campeonato, vários atletas da mesma modalidade levaram ouro. Muito ouro. Nuzman deveria sair de onde está diretamente para onde está Cabral. E lá ficar até o último suspiro, já que está, nitidamente, no bico do corvo. As Olimpíadas não foi o começo da roubalheira, mas pode ter sido a última cartada desse mafioso canalha
Nuzman é cliente do cofre-forte Foto: Jamil Chade/Estadão

Foto: Jamil Chade/Estadão

Exclusivo: Num armazém de Genebra, o ouro olímpico brasileiro. Tem histórias que a própria apuração vira um enredo.E a de hoje foi exatamente assim. Quando a super Constança Rezende me passou logo pela manhã os documentos do processo de Nuzman, ali estavam endereços de um local que me era familiar: O porto franco de Genebra, amplamente conhecido por esconder fortunas….e grandes histórias. (por Jamil Chade)
http://esportes.estadao.com.br/noticias/geral,num-armazem-de-genebra-o-ouro-brasileiro,70002029088
 
Censura inclusa como jabuticaba na reforma política

Um deputado engraçadinho enfiou uma jabuticaba no texto da reforma política que nada mais é do que um instrumento de censura contra quem se insurgir contra esses ladrões na internet. O que fazer?
1- ficar sentado reclamando
2- ir pra rua se manifestar domingo à tarde
3- parar tudo até que comecem a nos respeitar. Podem começar retirando a jabuticaba e revisar esse maldito fundo
Incluir um texto que resgata a censura no meio da reforma política, sem nenhuma discussão, mostra apenas o óbvio: o mau caratismo de quem quer se dar bem a qualquer custo.
O mau caráter, no caso, foi o deputado Aureo, do Solidariedade do Rio.
A emenda de Áureo foi a chance de você saber que a criatura existe, tal é o grau de inutilidade dele no Congresso. Abaixo, nota de O Antagonista sobre a criatura:
“Após perder a disputa pela Prefeitura de Duque de Caxias e apoiar o vencedor Washington Reis (PMDB) no segundo turno, o deputado federal Aureo Lídio (SD) conseguiu cargos para a mãe, a mulher e a irmã na gestão do aliado.
Uma das coordenadoras da campanha do deputado, a mulher, Aline Ribeiro, assumiu a Secretaria de Assistência Social. A moça é assistente social e participou ativamente da transição.
Já a mãe, a professora Marise Ribeiro, ficou com o comando da Secretaria municipal de Educação. Ela já atuou como coordenadora da rede estadual na cidade.
Para fechar, a irmã Danielli Christian Ribeiro Barros foi lotada na chefia da Delegacia Federal da Secretaria de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário.”

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *