30 de maio de 2024
Tecnologia

Moto G 4 ou Moto G 4 Plus – Vale a pena comprar?

por Márcio Bohrer

Quase na mesma semana em que fora anunciado a quinta geração do Moto G e do Moto G Plus, desembarcou aqui na redação do Oficina da Net os exemplares do Moto G 4 e Moto G 4 Plus. Em homenagem a isso, vamos falar de ambos aparelhos na mesma pegada, comparando as duas versões, explorando suas diferenças e concluindo se vale a pena comprar um destes hoje mesmo. Acompanhe!
A começar pelo design os dois aparelhos são bastante parecidos, para não dizer idênticos. A única diferença entre eles é a presença do sensor de impressão digital na extremidade inferior da chapa frontal.

Particularmente eu achei esta a melhor versão do Moto G. Mais finos e com uma tela de 5,5 polegadas, os aparelhos dão um ar extremamente sofisticado e elegante. Eles ainda possuem capa traseira removível e vem de fábrica com uma opção em vermelho. Na parte da frente, podemos ver o alto-falante na parte de cima, junto do sensor de proximidade e da câmera frontal.
Na parte de baixo apenas o sensor de impressão digital (no caso do Moto G 4 Plus) e o microfone principal.

A lateral esquerda é totalmente livre de botões e gavetas. Estas, aliás, ficam posicionadas abaixo da capa traseira. São duas gavetas para chips e uma para um cartão microSD de até 128GB.

Na outra lateral, ficam os botões de volume e power. Este segundo com pequenas ranhuras para fácil identificação. Já no topo, bem ao centro, está a entrada para fones de ouvido, enquanto na parte de baixo fica a entrada microUSB.
Às costas, o Moto G possui uma pequena protuberância para acomodar a câmera, flash e outros sensores. Colocados lado a lado, é possível ver que a lente da câmera principal do Moto G 4 Plus é maior em tamanho – consequência da capacidade mais elevada que ela carrega.

As arestas arredondadas dão uma pegada bastante agradável ao Moto G 4, mesmo que sua tela seja de 5,5 polegadas (grande ao meu ver). De qualquer forma, o aparelho passa a sensação de ser leve. Moto G 4 pesa 153 gramas enquanto o Moto G 4 Plus pesa 154 gramas.

Hardware e desempenho
Quando falamos do “motor” que roda estas máquinas, tirando a câmera traseira que possui diferenças (16MP para o G 4 Plus e 13MP para o G 4) e o armazenamento interno – que pode variar de acordo com o modelo escolhido – todas as configurações são rigorosamente iguais. Se liga no comparativo.

ProcessadorQualcomm Snapdragon 617Qualcomm Snapdragon 617
Memória RAM2 GB2 GB
Armazenamento Interno32 GB16 GB
Armazenamento Extra128 GB128 GB
Câmera Frontal5 MP5 MP
Câmera Traseira16 MP13 MP
Bateria3000 mAh3000 mAh
Display – ProteçãoGorilla Glass 3Gorilla Glass 3
Display – Resolução1920 x 10801920 x 1080
Display – TecnologiaIPSIPS
AnTuTu4554846261

Durante os testes, senti que os aparelhos deram pequenas travadas em momentos específicos, ora quando desbloqueava o smartphone, ora alternando entre aplicativos. Inclusive, o processador Snapdragon 617 lembra que você está com um smartphone intermediário nas mãos. No entanto, durante a execução de jogos e apps mais pesados, os dois aparelhos se comportaram muito bem.
Outra diferença e que, ao meu ver, é muito importante, é o armazenamento interno de 16GB do Moto G 4. Assim como os smartphones top do mercado vão evoluindo, a construção e atualização de aplicativos vai melhorando também. Portando, os games ficam cada vez mais pesados, aplicativos cheios de recursos e o próprio sistema operacional móvel ocupa mais espaço da memória interna, ou seja, dos 16GB iniciais do aparelho, apenas 11GB deles ficam disponíveis ao usuário, limitando rapidamente a quantidade de app que você terá em seu celular.
“Penso que 32GB é a quantidade mínima para se comprar em um smartphone atualmente.
É claro que você tem ainda a possibilidade de expandir o armazenamento do Moto G 4 com um cartão de memória MicroSD de até 128Gb, mas quanto custa um cartão desses? R$ 277,00 em uma rápida pesquisa.
Aí você pode pensar que o Moto G 4 Plus leva a melhor em todos os quesitos, certo? Errado! Nos nossos testes de benchmarck, o Moto G 4 teve pontuação maior que a versão Plus, por exemplo. Ele alcançou 46261 pontos contra 45548 do Plus. Quer mais?
Nos testes de bateria (confira o vídeo abaixo), na hora de recarregar, tanto com o aparelho desligado como com ele ligado, o G 4 Plus obviamente levou a melhor por ter um carregador turbo, porém, no teste para consumo da bateria – quando coloquei o mesmo vídeo hd para rodar, com o mesmo nível de brilho e todas as conexões ligadas – o Moto G 4 demorou mais tempo para esgotar 100% de bateria.

Ou seja, podemos concluir que o Moto G 4, não tendo um carregador turbo, suporta mais tempo de vida útil diária sob pressão, enquanto o Moto G 4 Plus leva desvantagem nesse sentido, porém goza da facilidade de recarregar a bateria com muito mais rapidez.
Câmeras
O sistema utilizado pela Motorola em suas câmeras já está bastante consolidado, oferecendo muitas opções de configurações, como Foto, Vídeo, Panorama, Câmera lenta e Modo Manual.

Na prática, dá para ver que a qualidade das imagens é bem semelhante, embora as fotos do Moto G 4 Plus deixam um efeito de profundidade de campo legal.

Sistema atualizado
Os aparelhos da Motorola são sempre um dos primeiros a receber atualizações de sistema, então, se você for até uma loja AGORA e comprar um Moto G 4 ou G4 Plus, ao ligar o smartphone, um aviso de atualização para o Android 7.0 Nougat.
A gente fez um vídeo para conferir as principais novidades do SO do Google e está tudo explicadinho abaixo (Você também pode ver as novidades em texto):

O sistema está estável e roda tranquilamente, oferecendo a máxima experiência ao usuário.
Preços
Atualmente, o Moto G 4 pode ser encontrado por valores que variam entre R$ 769,00 e R$ 1.124,00. Confira a tabela de preços:

ModeloPreço
Moto G 4 Play (XT1600)R$ 799,00
Moto G 4 DTV (XT1626)R$ 998,90
Moto G 4 Plus (XT1640)R$ 1.189,99

Porém, como já falei no início deste texto, a Motorola acaba de lançar a quinta geração do Moto G, oferecendo ainda mais concorrência para estes modelos acima sem alterar muito a média dos preços:

ModeloPreço
Moto G 5 32GB (XT1672)R$ 879,12
Moto G 5 Plus (XT1683)R$ 1.319,12

Vale a pena comprar um Moto G de quarta geração?
Olhando a grosso modo, ao lançar uma nova geração, fica difícil defender que vale a compra do Moto G 4. As configurações são melhores nos modelos mais recentes, porém, é possível usar este cenário desfavorável como uma arma. É provável que o preço da geração vá sofrer uma pequena queda nos próximos meses, torando-se vantajoso adquirir um Moto G 4 Plus por menos de 900 reais. Que tal?
Do contrário, é bom investir nos modelos mais recentes a fim de aumentar a vida útil de sua nova aquisição, com isso, você só vai precisar de um novo smartphone num futuro distante. 😉
A única ressalva que eu deixo é: Compre smartphones com, no mínimo, 32GB de armazenamento interno. Você vai me agradecer no futuro.
Fonte: Oficina da Net

O Boletim

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *