AWS passa por instabilidade e derruba junto uma parte da internet

Serviço de computação em nuvem serve como base para inúmeros serviços online

por Renato Santino

Nesta quarta-feira (25), uma parte da internet não está funcionando como deveria. Isso se deve a problemas no Amazon Web Services (AWS), a plataforma de computação em nuvem que serve como base para tantos serviços digitais, apresenta instabilidade, com reflexos em incontáveis sites.

A companhia confirma a instabilidade em sua plataforma para desenvolvedores. Inicialmente, o problema parecia ser concentrado na região da América do Norte, sem impactar diretamente datacenters de outras áreas. Mais especificamente, o AWS informa que as questões são ligadas à região US-East-1, nos servidores presentes no norte do estado da Virginia. Depois, a empresa relatou falhas também em outras regiões.

A Amazon destaca que a instabilidade atinge principalmente a API Kinesis Data Stream, causando, como consequência, falhas em vários recursos que dependem dela. Segundo o comunicado mais recente, isso inclui ACM, Amplify Console, API Gateway, AppMesh, AppStream2, AppSync, Athena, AutoScaling, Batch, CloudFormation, CloudTrail, CloudWatch, Cognito, Connect, DynamoDB, EventBridge, IoT Services, Lambda, LEX, Managed Blockchain, Marketplace, Personalize, Resource Groups, SageMaker, Support Console, Well Architected e Workspaces.

Em atualização mais recente, a Amazon informa que conseguiu identificar qual é a causa da instabilidade e já trabalha para corrigi-la, mas ainda não deu um prazo para que tudo seja restabelecido.

O site Down Detector mostra que alguns serviços brasileiros também sofreram com instabilidades ao mesmo tempo em que o AWS. Entre eles estão o iFood, o PicPay, o UOL e, claro, a própria Amazon. A plataforma também mostrou um pico de reclamações com o Submarino, mas a empresa diz ao Olhar Digital que não houve nenhuma instabilidade ao longo do dia.

Reprodução

Um ponto curioso da instabilidade é que a Amazon incluiu em seu painel de saúde do serviço um alerta de que o problema está impedindo a atualização da situação justamente no painel de saúde de serviço, então os clientes estão no escuro em relação aos problemas.

Fonte: Olhar Digital

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *