Pingo nos I’s…

Ontem eu parei de assistir ao Pingo nos Is porque me senti mal. Os apresentadores disseram que o Brasil vive uma democracia e que o STF atrapalha, irrita, porém mais nada.

Senti que a minha inteligência estava sendo agredida. Desliguei, com a impressão que “os Pingos” manipula, subliminarmente, os apoiadores do Presidente Bolsonaro para enganá-los e quem está por trás é o projeto de poder do “dita-doria”, FHC, PT e a esquerda.Por que o Augusto Nunes, de quem eu gosto muito pessoalmente, e que é amigo do FHC e do Paulo Marinho, ataca com as palavras mais contundentes  os ministros do STF e nada acontece?

Ora, todos sabemos que vivemos a ditadura da toga. O inquérito ilegal só persegue e investiga apoiadores do Presidente. Há dois presos políticos no Brasil, dois cidadãos que estão num presídio comum comandado pelo PCC por terem exercido seu direito constitucional de protestar. Pacificamente, por sinal.

Coisas piores estão acontecendo. Começaram tentando MATAR o candidato que, tinha sim, as melhores condições de vencer as eleições. Aí passaram a atacar a campanha do Presidente eleito. Zé Dirceu, que avisou que “tomariam” o poder, mandou atacar os filhos e a família do Presidente.

Nada conseguiu atingir o Presidente.

No momento em que os Estados Unidos colocaram um prêmio na cabeça de Nicolás maduro por narcotráfico, todo o foro de São Paulo corre o risco de ser criminalizado também. Usaram então o vírus chinês em parceria com a OMS. Também não deu certo.

Partiram para a bala de prata, o Macunaíma infiltrado. Foram dois tiros, um em cada pé. Desesperados resolveram atacar ministros, inclusive os militares, chamados para depor “debaixo de vara“ se preciso, num inquérito que, a meu ver, já deveria ter sido extinto no momento em que o ex-diretor geral da PF declarou que o Presidente nunca interferiu na PF.  Mas não sou advogada, apenas jornalista.

Agora a PF bateu na casa dos 29 formadores de opinião conservadores mais importantes e apreenderam celulares, computadores, tablets, numa investigação parecida com ”O Processo”, de Kafka.

Que eu saiba, se alguém comete crime de calúnia, injúria ou difamação pode ser processado. Já fake news, especialidade da esquerda blindada, não é crime tipificado no código penal e Peppa Pig e fruta, os denunciantes, fizeram, eles sim, ataques frontais, ofensivos e contundentes ao STF. E não foram importunados.

Enfim, não posso fazer nada, apenas observar se vão mesmo conseguir tomar o poder, apesar da derrota nas urnas. Detesto chavões, mas quem viver, verá.

Com outras palavras, o autor do vídeo expressou o que penso. Assista. Não se deixe enganar.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *