3 de julho de 2022
Colunistas Ligia Cruz

Carta ao velhaco

Foto: Google Imagens – BBC

E não acaba a “descondenação” do réu mór. A justiça pode esquecer. Os aliados podem soltar fogos para comemorar as suas vitórias contra o povo. Brindar com o mais raro vinho, ser borrifado com o mais caro dos perfumes, voar para outros continentes, caminhar junto de desconhecidos. Mas não entre nós.

Não terá jamais o melhor dos prêmios para um homem público, que é ser aplaudido e carregado pelo seu próprio povo. Isso jamais será seu outra vez.

É como a história do trem que parte sem você. Perdeu, terá que pegar o próximo, mas já não será mais o mesmo e talvez não haja mais ninguém à sua espera na gare.

Na política, como na vida, sem pompa nem circunstância, o bem-querer não vem da boca, nem do aperto de mão. Mas isso você já sabe.

Quantos te entregaram em troca da delação premiada, para reduzir a pena contra crimes cometidos contra os cofres públicos? Teus cúmplices em muitas mazelas. E foram muitos.

Para você velho resta pouco. O livramento não virá de dez. Isso é matematicamente fácil neste país. Nem de Deus. Ele não se mete em questões mundanas, tem o universo inteiro mais o infinito para cuidar.

O reconhecimento também não virá da equipe de doutores que cuidam de suas verrugas, micuinhas, borrascas e trapaças a preço de ouro. Mas da vida. Ela própria. E vai te pegar tantas vezes, bem naqueles pequenos episódios cotidianos, que não se contam. Mas você sim, sabe.

Falta de caráter não tem cura, nem remendo, nem livramento que baste. Irremediável está.

Esqueça as urnas, pode comprar todas elas para cumprir seu plano psicopata de poder. Esqueça tudo o que ganhou e construiu com mentiras. Mas fique com sua solidão barulhenta, cheia de pecados velho miserável. Você perdeu o único bem sagrado que é a liberdade de andar entre nós. A vida é didática.

Jornalista, editora e assessora de imprensa. Especializada em transporte, logística e administração de crises na comunicação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.