24 de maio de 2022
Junia Turra

Bill Clinton, desmascarado!

Imagem: Arquivo Google – The Political Insider

O “chomp-chomp” da Mônica Lewinsky te impressionou? Mas nem a par de jarro corna se incomodou à época, a Hillary…
Ah, o que ninguém definia até então era o “viés” do casal e do grupo a que pertencem.
Pois se o saco dos brasileiros está ficando cheio das atividades ilícitas da esquerdalha-globalistas-crime-organizado tentando criar uma “realidade paralela”, os americanos e o presidente eleito Donald Trump, também estão cansados das sacanagens, armações, do boicote das PGS on line e das Fake News.
A investigação que tentaram jogar pra debaixo do tapete aí está:
BILL CLINTON entrou num jatinho 27 vezes e 27 vezes pilotos, copilotos confirmaram a presença dele e o destino: a ilha paradisíaca do bilionário Epstein. Condenado por pedofilia e por tantos itens coligados.
Na tal ilha criancinhas, jovenzinhos propiciavam o deleite dos frequentadores em bacanais pavorosos.
O babaca continua preso, mas a pressão para liberar a versão Golden do “Adelio-deles” parece que não vai funcionar. Nem com milhões de dólares.
Mas o Billzinho, hein? Ah, levado….
Clinton nega… Mas coitado!
O que ele fez na ilha da pedofilia e do bacanal? Foi lá pra rezar? Fazia pesquisa para os Direitos Humanos?
Foi abduzido?
Peladão infiltrado pego no ato.
Dá pra explicar?
Ele estava lá…
Ponto!
O segredo de Justiça parece que não ficará nos arquivos. Que assim seja, Mr Trump.
E o Jornalismo?
Sim… Ainda há Jornalismo. Não é o Zé Ruela conhecido da telinha ou o que cumpre as horas na emissora da esquina. Não…. Não é o que se vende sem necessidade e deforma a informação para beneficiar um grupo. Aí, recebe milhões e bate com as dez.
Como se diz em TV: se errar no início do jornal e consertar, o público perdoa. Mas no encerramento do jornal… Assim, Paulo Henrique Amorim encerrou mal a carreira. Ipsis literis.
Enquanto isso… Conchita Sarnoff, jornalista investigativa, não usa questão de gênero, nem se dá bem porque é da turma “on the left” dos Clinton, Obama, Soros, ONGs e coligados.
Ela trabalha e arduamente… Investiga… mas as pessoas não sabem quem ela é. E não tem ideia, muitas vezes de com quem falam sequer nas redes sociais: desconhecem o currículo 😉…
Dear Conchita, you are Not Alone!

author
Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.