Slides antigos em nova roupagem

Não sei quantos de vocês se lembram do tempo em que os slides, transparências coloridas numa moldura, surgiram como “novidade”. Parecia que seria a nova onda para reunir amigos em torno de fotos,  uma vez que a nova “modalidade” exigia um projetor.

Slides são transparências montadas em uma moldura bem dura, de 0,5cm X 0,5cm. As “fotos” tinham 3,5cm X 2,5cm e era isso que se encaixava em uma ranhura. Os primeiros projetores  eram manuais e os “mais modernos”  trocavam “automaticamente” os slides. Mesmo para pessoas organizadas como meu pai, que os tinha em caixas plásticas divididas em compartimentos minúsculos e identificadas com data e nome da “efeméride”, davam uma senhora mão de obra!

O hobby da fotografia sempre foi caro; mesmo algo tão simples como mandar revelar fotos e fazer cópias delas. Os slides não tinham cópias e quem quisesse vê-los precisaria pedi-los emprestado, bem como ter um projetor!

Recentemente, através de algo extremamente prazeroso, pude curtir slides antigos transformados em… fotos  na Internet, o que vale dizer que, quem as receber também, vai poder curti-las e comentá-las conosco!!

A experiência de ver esses slides desencavados de baús, misturados e sem sequência, foi de uma “surpresa”: recém transformados, de repente, lá está você, há mais de 30 anos, em situações das quais não se lembra, com roupas que te parecem estranhas e muitas pessoas que, por um motivo ou outro, já desapareceram da sua vida…

Surgem produtos com marcas da época, como Ketchup Peixe, “Suíta”, adoçante à base de sacarina, horrível… Móveis feitos de madeiras nobres como jacarandá, festas e comemorações já esquecidas.

Quer uma sugestão? Vá procurar nos seus guardados – isso se você tiver por volta de  50 anos ou mais. Se você não encontrar entre os seus, encontrará certamente entre os de uma tia, ou uma prima mais velha, mas procure por slides. Muita gente tem e nem lembra disso pelas razões que enumerei,a principal é que  a gente os via uma, duas vezes se tanto e então… gaveta com eles!

E, essa vai passar a ser uma distração e tanto, em especial agora, em que dispomos de mais tempo do que o normal, estamos mais tempo em casa…

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *