15 de junho de 2024
Editorial

As Bodas de Ouro!

Não, nesta semana não teremos Editorial político como de hábito, porque eu e Vera estamos, em Búzios, comemorando nossas Bodas de Ouro. Na verdade, de convivência, são 57 anos – 6 anos de namoro e um de noivado, mais os anos de casamento, desde que começamos a namorar, ainda com 15 anos, no primeiro ano científico do Colégio Estadual João Alfredo. Temos grandes amigos até hoje desta época.

Fotos destas passagens:

Nosso colégio
Ainda em início de namoro na casa dela (desculpem a qualidade, mas à época…)

Vi que a palavra “boda” vem do latim “vota”, e recorda o compromisso assumido pelos noivos no dia do seu casamento. Desta maneira, as bodas servem para lembrar ao casal, as promessas (votos) que fizeram no dia do seu casamento.

A ideia de se comemorar as bodas surgiu na Alemanha, quando era costume presentear os casais com uma coroa de prata pelos 25 anos de união; e de ouro, pelos 50 anos de casamento.

50 anos é uma vida. E é isso que simbolizam as Bodas de Ouro: uma vida em comum, cheia de conquistas, momentos felizes, complicados, partilhas e vitórias. Sim, claro, percalços também, não poucos. Mas muito mais conquistas e vitórias, com certeza.

A mais importante de todas é a família que formamos: filhos (2), genro, nora e netos (5).As nossas bodas de ouro não são só nossas, são deles também!

Faz muitos anos desde que subimos ao altar; ela num lindo vestido de noiva e eu num traje passeio completo, como mandava a tradição à época. Assim fizemos nossos votos de amor, amizade, parceria, cumplicidade e respeito, em 08/12/1972, na Igreja de São José na Lagoa, em cerimônia presidida pelo saudoso Padre Lúcio…

Paróquia São José da Lagoa – Google Imagens

Fotos marcantes do nosso casamento:

Lua de Mel, ainda lembro da nossa… afinal, quem não se lembraria? Fomos para o Hotel Quitandinha, em Petrópolis – RJ, Cidade Imperial. Lugar lindo, com muitas mordomias, mas choveu o final de semana inteiro e ficamos no quarto a maior parte do tempo… demos azar (ou sorte? rs), se é que me faço entender… rs.

Diante da chuva que não parava, optamos por voltar ao Rio, onde estava um sol maravilhoso, e fomos à praia, diariamente. Prainha, Grumari e “arredores”…

Já no Rio… infelizmente, a qualidade da foto não é boa

A memória do lançamento do buquê de flores às amigas ou o momento do corte do bolo de casamento, certamente, é viva, como se fosse ontem, mesmo prestes a completarmos os 50 anos de casados.

Isso porque, ao passar dos anos, a festa de casamento e o “sim” que demos, jamais perdeu o sentido. Pelo contrário, ganhou muito mais significado do que nos primeiros anos como marido e mulher, e hoje, depois de cinco décadas (e mais um pouquinho), um ao lado do outro, é preciso celebrar mais do que nunca.

Hoje entendemos o real significado de estar juntos. Já sabemos que um completa o outro e nem podemos imaginar o que seria de nós separados nos dias de hoje..

Em 2012, fizemos uma festa para comemorar nossas Bodas de Rubi (40 anos). Muitos amigos vieram para comemorar esta data, tão importante… mas já se foram 10 anos… eu ainda estava “obeso”… rs

Nossa comemoração das Bodas de Rubi

Para cada ano, que se passa junto, há um material específico que o representa, que significa a fase do casamento em que se encontra o casal.

Os primeiros anos, após a troca das lindas frases curtas de amor no altar, são marcados por materiais com uma resistência menor, como o relacionamento precisa ser. Isso porque são os primeiros anos de casamento, que vão se encaixando para se encontrar o ponto de equilíbrio.

Mas com 57 anos de convivência já alcançamos esse equilíbrio, já passamos por muitas situações, muito além dos impasses. Das situações mais difíceis, às mais prazerosas e emocionantes, conquistando um nível de relacionamento maduro e precioso. Respeito mútuo e parceria. Este é o segredo!!!

E, para representar esse valioso sentimento, nada melhor do que o material mais valioso por excelência: o ouro, daí o metal escolhido para esta comemoração.

Mas, muito além desta preciosidade da convivência, há a família, além , é claro, dos amigos que estiveram com a gente durante todo este tempo.

Estes amigos, em especial, Zeca e Ilma, já passaram pelo que estamos passando agora, ou seja, já comemoraram suas Bodas de Ouro e estão conosco nesta nossa comemoração, o que muito nos agrada.

Optamos por comemorar nossas Bodas em Búzios, no Hotel Le Relais la Borie, perfeita indicação de outra grande amiga, Célia e sua agência Skiviking Turismo. Fotos a seguir.

Muito obrigado a todos vocês! Vamos aproveitar muito!

Presente de nossos “padrinhos” de Bodas: Zeca e Ilma
Valter Bernat

Advogado, analista de TI e editor do site.

Advogado, analista de TI e editor do site.

9 Comentários

  • Celia Regina Dias Fernandes 10 de dezembro de 2022

    Parabéns ao casal!!!

  • Lides Martins 10 de dezembro de 2022

    Que alegria saber que mesmo antes de tudo começar, eu estava com vocês! Vivi junto essa linda história de amor ! E hoje posso comemorar esses anos dourados que vocês vivem de amor, companheirismo, família, lutas, batalhas, mas juntos!
    Amo vocês! Vocês estão num lugar bem especial no meu coração!
    Que venham muitos mais anos pra comemorar! Deus os abençoe !

  • Rute+Abreu+de+Oliveira+Silveira 10 de dezembro de 2022

    Valtinho, meu amigo, que lindo depoimento.
    Estou muito feliz por vocês estarem assim há tanto tempo juntos e felizes.
    Ler o seu artigo foi uma viagem no tempo.
    Felizes aqueles que conseguem alcançar essa benção.
    Felizes são aqueles que têm companheiros que, mesmo podendo voar, resolveram pousar e ficar.
    Por mais e mais anos assim juntos e felizes.
    Com carinho.
    Rute Silveira

  • Eduardo 10 de dezembro de 2022

    Parabéns a você e à sua esposa, Valter, é um privilégio isso que vocês estão comemorando.
    Muitas felicidades ainda virão, é o meu desejo

    Grande Abraço
    Eduardo

  • Celia Oliveira 10 de dezembro de 2022

    Que relato perfeito de uma linda estória de Amor que tanto nos inspira e ainda irá gerar muitos frutos!
    Parabéns Valter e Vera❤️🫶

  • Zilton Neme 11 de dezembro de 2022

    Parabéns Valter e Vera
    Que Deus abençoe os queridos amigos.
    Zilton e Fátima

  • Frinéa Maia 11 de dezembro de 2022

    Que lindo, Valter!
    Adorei ver vcs jovens; afinal quando conheci a Vera ela ja era mãe dos dois filhos maravilhosos.
    Parabéns a vocês pela linda familia construída👏
    Muitas felicidades, que seja sempre assim a vida pra vcs, cercados de carinho, amizade, respeito e muita paz .
    Um bj grande!
    Amamos muito vcs🫶❤️
    Frinéa e Fernando Maia

  • Ivone Gomes Merlino Rodrigues 12 de dezembro de 2022

    Parabéns Valter e Vera! Felizes os que encontram um companheiro/a para construir uma família unida e forte. Felicidades! Saúde e Sorte para vcs e seus frutos. Abraços nossos Wilson e Ivone.

  • Ilmar Penna Marinho Junior 19 de dezembro de 2022

    PARABÉNS…com certeza, um das mais bela crônicas escritas pelo Editor do OBOLETIM. Grande abraço ao querido casal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *