14 de abril de 2024
Vinhos

Mendoza 2023: dia 1

Onze anos após nossa última visita, retornamos à Capital do Vinho Argentino, desta vez, conduzindo um grupo de 4 damas: Claudia, Cecília, Chris e Cristiana.

Como de hábito, nosso roteiro foi elaborado em conjunto com a Maria José Machado, da DiVinos Rojos (Instagram, Facebook). Desta vez visitamos nove vinícolas e uma olivícola.

A primeira visita foi na Matervini (foto), uma vinícola boutique “top”, localizada em Lujan de Cuyo. Pertence a Santiago Achaval, um dos sócios originais da conhecidíssima Achaval Ferrer, que foi vendida para um grupo russo, donos da vodka Stolichnaya.

Algumas surpresas nos esperavam. Além de Achaval, juntou-se a ele o Enólogo, Roberto Cipresso. Embalados pelo sucesso dos seus antigos vinhos, decidiram explorar novos terroirs, em busca de vinhos ainda mais icônicos.

A vinícola é uma pequena joia, em todos os sentidos, explorando, ao mesmo tempo, técnicas modernas e tradicionais. A proposta, embora muito ousada, é de uma simplicidade chocante: todos os vinhos são elaborados da mesma forma, sem concessões. A degustação de quatro vinhos tintos foi o ponto alto. Já havíamos provado o único branco, servido como “boas-vindas”, um delicioso corte das castas Roussanne, Marsanne e Viognier, 94 pts por James Suckling para a safra 2020.

Os tintos foram servidos nesta ordem: Canota, Calcha, Alteza e Finca. Cada um foi elaborado com a mesma casta, Malbec, plantada em diferentes regiões. O Canota, recebeu seu nome por conta desta nova região mendocina, onde nunca haviam plantado uvas. Calcha veio do vale Calchaquies e o Alteza veio de Cafayate, ambos em Salta, a cerca de 1.800 Km de distância. Todos excelentes e completamente diferentes entre si.

O ponto alto ficou com o Finca, último a ser provado. O vinhedo fica na porta de entrada da vinícola. É considerado como um dos melhores da Argentina.

Na antiga vinícola, Achaval e Cipresso elaboravam três vinhos que ficaram muito famosos: Finca Mirador, Finca Altamira e o Finca Bela Vista, que recebeu 100 pontos de Robert Parker.

Quando vendeu a antiga bodega, Achaval não incluiu, no pacote, a Finca Bela Vista. Com suas uvas elaboram, agora, o Finca. Simplesmente sublime, mas o preço é assustador.

A segunda e, excepcionalmente, última visita do dia foi na Bodega Durigutti, onde fizemos o nosso primeiro almoço harmonizado. Fica em Las Compuertas, distrito de Lujan.

O restaurante (foto) se chama 5 Suelos e a cozinha é denominada como de Finca.

Cada um escolheu uma combinação de pratos, que foram provados entre todos. Os vinhos escolhidos foram os da 1ª seleção, “Mendoza, Tierra de Malbecs”.

Novamente, os vinhos degustados buscavam sua identidade em diferentes terroirs. O Pie de Monte vem de Gualtallary no Vale do Uco, uvas de um só vinhedo. O 5 Suelos é um interessante corte, dentro de uma linha muito inovadora desta vinícola, o Proyeto Las Compuertas. São elaborados, em ovos de concreto, 5 vinhos oriundos de diferentes vinhedos. São cortados posteriormente e engarrafados. Ainda dentro deste espírito, resgataram uvas muito antigas, Criolla, Cordisco e Charbono, plantadas em Latada ou em Gobelet (arbusto). Algumas ainda em pé franco e com mais de 100 anos de idade. Elaboram vinhos com cada uma delas.

O terceiro tinto foi o HD (Hector Durigutti) Reserva, elaborado a partir de vinhas velhas, seguido do top Carmela Durigutti Gran Reserva, outro “single vineyard”. Todos corretíssimos. Um almoço impecável.

Cansados e satisfeitos, retornamos ao nosso hotel.

No dia seguinte visitaremos três vinícolas no Vale do Uco.

Fica para a próxima semana.

Saúde e bons vinhos!

Tuty

Engenheiro, Sommelier, Barista e Queijeiro. Atualiza seus conhecimentos nos principais polos produtores do mundo. Organiza cursos, oficinas, palestras, cartas de vinho além de almoços ou jantares harmonizados.

author
Engenheiro, Sommelier, Barista e Queijeiro. Atualiza seus conhecimentos nos principais polos produtores do mundo. Organiza cursos, oficinas, palestras, cartas de vinho além de almoços ou jantares harmonizados.

    1 Comentário

    • Zilton 16 de julho de 2023

      Parabéns Tuty, excelente aula.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *