20 de abril de 2024
Colunistas Professor Taciano

Itamaraty tenta amenizar fala de Lula

Quando disse: “a reação de Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel, foi desproporcional”!

Imagem: Brasil246

Apagando o foco

Como sempre faz a esquerda, em especial os Lulapetistas, de nunca assumirem seus erros e sempre culpando os outros, desta vez não foi diferente. Depois da péssima repercussão mundial sobre a infeliz e inconsequente declaração do presidente da República do Brasil, o senhor Luiz Inácio Lula da Silva sobre Israel, o tropa de choque dos bombeiros petistas do Itamaraty tenta mudar a narrativa dos fatos e está preparando uma resposta diplomática para Israel, após o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ser declarado “persona non grata”, por comparar a ação na Faixa de Gaza contra o Hamas ao holocausto.

Mudando foco

Ainda nesta segunda-feira (19) o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, deveria fazer uma declaração sobre o caso, mas até o presente momento nada fez A estratégia foi definida durante reunião de Lula com o assessor especial para assuntos internacionais, Celso Amorim, ministros e auxiliares, no Palácio da Alvorada.

Me engane que eu deixo

Durante o encontro, Lula deixou claro que quer manter o posicionamento contra as ações do governo israelense, mas quer reforçar que a crítica não se estende ao povo judeu.

Fontes do Planalto avaliam que a fala de Lula pode ter sido mal interpretada, mas que a reação de Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel, foi desproporcional.

Reação Israelense

Em um discurso na Conferência dos Presidentes das Principais Organizações Judaicas Americanas, o primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyahu criticou duramente o presidente Lula.

“Hoje, o presidente do Brasil, comparou a guerra de Israel em Gaza contra o Hamas – uma organização terrorista e genocida – ao Holocausto. O presidente Silva desonrou a memória de 6 milhões de judeus assassinados pelos nazistas. E demonizou o estado judeu como o antissemita mais virulento. Ele deveria ter vergonha de si mesmo”, afirmou Netanyahu.

Professor Taciano Medrado

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade do Estado da Bahia (1987)-UNEB e graduação em bacharelado em administração de empresa - FACAPE pela FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS DE PETROLINA (1985). Pós-Graduado em PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL. Licenciatura em Matemática pela UNIVASF - Universidade Federal do São Francisco . Atualmente é proprietário e redator - chefe do blog o ProfessorTM

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade do Estado da Bahia (1987)-UNEB e graduação em bacharelado em administração de empresa - FACAPE pela FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS DE PETROLINA (1985). Pós-Graduado em PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL. Licenciatura em Matemática pela UNIVASF - Universidade Federal do São Francisco . Atualmente é proprietário e redator - chefe do blog o ProfessorTM

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *