Hoje finalmente tirei os pontos no local do dente extraído

Foi difícil passar pelo processo todo, com muita mas muita dor, e justo entre o Natal e o Ano Novo, uma época festiva e de convites irrecusáveis para participar.

Imagem: Gooel Imagens – Odeontologia – Dentistas em Santos

Mas pensando bem, não foi tão ruim assim.

Tive a sorte de ter duas excelentes profissionais. A minha que adoro mas que estava com a mãe doente e sem condições de me atender e a outra que conheci numa emergência e que adorei também.

Assim que a dra. Conceição pode, me atendeu num dia especial: 1 de janeiro, feriado Mundial.

Com toda a tranquilidade e paciência a Dra. Maria Conceição Peres Loberto levou quase 3 horas para finalizar essa cirurgia.

Não existe palavras para expressar a gratidão por ter me atendido num dia tão especial onde ela deixou a família e abriu o consultório só para me atender.

Meus finais de ano sempre eram programados com antecedência, com viagens ou festas. Acho que cansei disso.

Que esse ano, quieta e sozinha na minha casa, foi o melhor de todos.

Numa calma e paz, só percebi que 2021 passava o cetro para 2022 quando os fogos de artifício me acordaram.

Me dei um Feliz Ano Novo, e voltei a dormir. Nada de novo aconteceu.

O dia amanheceu, fui para o jardim dar bom dia para minhas plantas, pássaros e flores, fiz meu café e tudo certo.

O excesso de expectativas me faz mal.

Quando as coisas mudam de rumo aceite. Ou isso ou aquilo como diz Cecilia Meirelles.

Hoje encontrei uma vizinha amiga no final do dia e que tinha passado quase dois meses fora do Brasil. Fomos andar, papear e tomar um chocolate quente na Kopenhagen numa nova loja aqui perto.

Confesso que esse tipo de programa, sem combinar nada, foi muito gostoso e até melhor do que os muitos réveillons que passei com pessoas que não tinham nada a ver comigo.Gosto de gente simples, de petits comités, e sem grande alarde.

Tenho a impressão que, se Deus quiser, meus próximos finais de ano serão assim. Na paz de Deus.

Acho que estou ficando sábia, nada como a gente amadurecer, na dor e no amor, e aceitar as coisas boas e simples da vida.

Namastê!

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *