16 de agosto de 2022
Tecnologia

Se este realmente for o Galaxy S10, a Samsung já tem meu dinheiro


Todo modelo Galaxy S causa um certo impacto no mercado quando lançado. Não só porque estamos falando da fabricante mais popular do universo Android no mundo interno, mas também das inovações e tecnologias de ponta que esses produtos carregam. Parece que uma foto do protótipo do Galaxy S10 vazou e, se este for o próximo carro-chefe da marca, a Sammy já pode contar com um novo cliente para o próximo ano (eu mesmo).
Os primeiros rumores sobre o Galaxy S10, o décimo Galaxy S
Eu gostaria de me proteger dos riscos dos ransomwares.
Muitas fabricantes experimentaram o visual com poucas bordas ao redor da tela nos últimos anos, mas sabemos que nem todas acertaram tanto quanto a Samsung. Nem mesmo a Apple, diga-se de passagem, que acabou – indiretamente – espalhando a tendência do notch, o recorte na tela, pelo mercado. Os modelos da fabricante sul-coreana, contudo, resolveram seguir um caminho próprio apostando no conceito de Tela Infinita.
Dito isso, aparentemente, um protótipo do Galaxy S10 foi vazado e exibe um visual inovador. É claro que o Oppo Find X também chegou ao mercado abusando desse conceito de bordas mínimas e, assim como a Vivo já havia demonstrado no início do ano com o modelo Apex, a câmera frontal fica escondida dentro de um compartimento mecânico.

É claro que esse protótipo pode não ser do S10, obviamente, embora ele tenha sido divulgado por um canal especializado em antecipar esse tipo de novidade. Segundo especialistas, a tecnologia de tela transparente, que esconderia os sensores frontais e a câmera, ainda não está madura o suficiente para ser usada em grande escala este ano. Se após dois anos apostando na Tela Infinita, a Samsung quiser realmente fazer algo inovador para o décimo Galaxy, as opções nesse sentido ainda são poucas e certamente a empresa não irá pelo caminho do notch.
Vivo: cinco curiosidades sobre a marca chinesa que é a queridinha do momento
O problema de algo inovador partir das mãos da Samsung é exatamente a produção em grande escala dessas tecnologias novas. Diferente da Oppo, da Xiaomi ou da Vivo, por exemplo, a marca sul-coreana está presente no mundo inteiro e precisa entregar algo de qualidade (alto padrão, no caso da série Galaxy S), funcional e que esteja à venda dentro do cronograma estipulado pela empresa.
Isso pode explicar também, por exemplo, a demora pela chegada da biometria na tela entre os modelos da marca, algo que as chinesas estão começando a apostar desde o ano passado.
Epidemia da tela notch: por que todo mundo está aderindo?
Em todo caso, se a Samsung conseguir essa proeza de entregar o S10 com bordas mínimas e com funcionalidade atraente, em 2019, eu serei o próximo cliente da marca.
E você, o que acha dessa solução mecânica para as câmeras de smartphones?
Fonte: Androidpit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.