23 de abril de 2024
Saúde

Bruxismo (ranger ou apertar os dentes)

Bruxismo é o transtorno em que a pessoa aperta, desliza ou bate os dentes, principalmente durante o sono. Acontece de modo involuntário, ou seja, sem que a pessoa queira.

Além de dores de cabeça e nos músculos do rosto, o problema provoca também, desgaste dos dentes e doenças nas gengivas.

Nos casos mais graves, pode ser necessário fazer tratamento de canal nos dentes afetados ou ainda tratar de distúrbios na articulação de ossos da face, como maxilar, mandíbula e têmporas.

Causas:

As causas do bruxismo ainda não foram completamente esclarecidas. Acredita-se que vários fatores, inclusive hereditários e genéticos possam provocar o distúrbio.

Alguns estudos sugerem que existe relação com o estilo de vida e que pessoas que sofrem de ansiedade, estresse, refluxo gastroesofágico, características do sono, como roncar e babar no travesseiro, e dificuldades de concentração nas atividades do dia a dia, seriam mais propensas a desenvolver o problema.

No caso das crianças, os pais devem estar atentos ao padrão de respiração durante a noite, pois há evidências de que o bruxismo do sono pode estar relacionado ao ato de respirar pela boca e infecções das vias aéreas superiores.

Ranger ou apertar os dentes também pode aparecer em pessoas com distúrbios dos movimentos, como a doença de Parkinson, doenças neurológicas, psiquiátricas, respiratórias do sono ou, ainda, pelo uso de álcool, fumo, drogas, alguns tipos de medicamentos e de cafeína.

Sintomas:

O bruxismo nem sempre provoca sintomas, ainda que algumas pessoas sintam dores faciais, dores de ouvido ou de cabeça quando acordam; outras percebem, com o tempo, o desgaste dos dentes, mas, em geral, só descobrem quando vão ao dentista. Podem ser observados:

– desgastes dentários leves;
– trincas no esmalte dentário;
– sensibilidade nos músculos da mastigação;
– fraturas de dentes, raízes, restaurações, próteses, chegando até mesmo a fraturas de implantes;
– dores de cabeça e na face que muitas vezes se confundem com dores de ouvido, sinusites ou até mesmo como dores de dente;
– marcas na parte interna das bochechas e na língua;
– zumbido no ouvido;
– dores e estalos ao abrir e fechar a boca.

Tratamento:

Até o momento não é possível afirmar que existe cura para o bruxismo, mas sim o seu controle.

Após a avaliação e com o auxílio de alguns exames complementares, o dentista realizará o diagnóstico e indicará a melhor terapia para cada caso.

Pode ser necessária a reposição de dentes ausentes ou, ainda, a correção de dentes tortos ou que não se encaixam corretamente. Além destas opções, existe a placa oclusal.

A placa é um acessório feito sob medida, no formato exato da mordida do paciente. Deve ser utilizada durante a noite ou também de dia, de acordo com a necessidade e a indicação do profissional de saúde.

Seu uso alivia as tensões exercidas pelos músculos da face, além de proteger as estruturas dentárias dos desgastes e das forças direcionadas aos dentes no momento em que ocorre o atrito e o apertamento dos dentes.

Orientações para prevenir o bruxismo:

– Introduzir atividades prazerosas na rotina diária (ex: esporte, artes).
– Reduzir sobrecarga de tarefas do dia a dia.
– Terapias psicológicas podem auxiliar.
– Tranquilizar a criança antes de dormir com a utilização de técnicas de relaxamento, respiração, músicas calmas e aromas terapêuticos.
– Buscar terapias complementares, tais como acupuntura, meditação e brincadeiras sem agitação antes de dormir.
– Evitar dormir de luz acesa e/ou com a TV ligada, assim como o uso de telas (smartphones) pelo menos uma hora antes de dormir.

IMPORTANTE: Somente médicos e cirurgiões-dentistas devidamente habilitados podem diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. As informações disponíveis em Dicas em Saúde possuem apenas caráter educativo.

Dica elaborada em fevereiro de 2022.

Fontes:

Associação Brasileira do Comércio Farmacêutico (ABCFARMA)
Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas
Jornal da USP
Sociedade de Pediatria de São Paulo

O Boletim

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Torcicolo

Saúde

Cuidados com a pele