Elvis e Nixon, o filme


Esse encontro bizarro e inusitado aconteceu mesmo! Eu sempre achei que era uma lenda mas saiu o filme e ficou pouquíssimo tempo em cartaz. Outro dia, procurando uma coisa boa para ver na TV deparei com ele. Adorei. Duas figuras históricas, aparentemente antagônicas, tem uma coisa em comum além da origem familiar humilde, terem servido o exército e serem conservadores: a maluquice!
Tudo começa quando Elvis encasqueta que precisa ter uma carteira de Agente Federal de Narcóticos e, ainda por cima, se tornar agente do FBI para salvar os jovens das drogas e o país do antiamericanismo.
Então, saiu de casa e pegou o primeiro avião disponível. Foi parar em Washington D.C. Ficou em um hotel e rumou para o Texas. Em Dallas, entrou em contato com o amigo de infância Jerry Schilling, um ex-guarda-costas que agora morava em Los Angeles e que no momento trabalhava como editor de filmes na Paramount Pictures. Contou ao amigo que iria voltar para Washington com o intuito de encontrar o presidente Richard M. Nixon. O problema é que ninguém sabia disso, muito menos o presidente e seus assessores.
Viajou em aviões de carreira, circulou em aeroportos interagindo com fãs incrédulos. Assim, chegou aos portões da Casa Branca e entregou pessoalmente a carta para os seguranças, que não acreditavam na cena.
Depois de muitas idas e vindas e muita confusão, o cantor foi recebido por Richard Nixon no salão Oval, no dia 21 de dezembro de 1970. Depois de troca de presentes, posaram para uma foto oficial. Esta é até hoje a imagem mais requisitada do Arquivo Nacional do governo norte-americano.
Lógico que Elvis ganhou a carteira de agente federal e nunca a usou.
A história ficou secreta até 1972, quando foi revelada pelo jornal The Washington Post.
O ator Michael Shannon apesar de não parecer em nada com Elvis que era um Deus grego, está maravilhoso como Elvis. E Kevin Spacey é Nixon. Muito melhor do que Nixon, claro.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *