Um black bloc na prefeitura do Rio? É isso mesmo que alguém quer?

Deu no G1: “Freixo empurrou e deu chute em fotógrafo no enterro do irmão, em 2006. Caso foi revelado por agredido em rede social; candidato do PSOL admite o erro”.
Leia o depoimento do fotógrafo. Segundo também matéria de A Tribuna, — o fotógrafo rebateu as declarações de Freixo, que admite o erro colocando a culpa no fotógrafo. Ou seja, autocrítica zero.
Diz o fotógrafo sobre a declaração de Freixo: “Isso é mentira. Cheguei atrasado e corri por fora do cemitério, pela rua, até a entrada principal. Quem trabalha em Niterói sabe que esse cemitério tem duas entradas. Por dentro da capela ou por fora. Corri por fora, em um corredor paralelo. Após o fato ocorrido, fiquei sabendo pelos colegas, que chegaram antes, que houve esse pedido dos familiares. Infelizmente não fiquei sabendo disso”, argumentou.
http://oglobo.globo.com/brasil/freixo-empurrou-deu-chute-em-fotografo-no-enterro-do-irmao-em-2006-20346988?utm_source=Facebook&utm_medium=Social&utm_campaign=compartilhar
Os eleitores do Freixo voltam a partir com virulência e agressividade para o ataque pessoal, desqualificando e ofendendo quem não quer que o Rio se torne o último reduto do PT e seus cúmplices.
A trégua acabou com o resultado das últimas pesquisas. Eu até entendo o desespero. Coitados, sem os cargos comissionados os órfãos do PT vão engrossar a lista dos mais de 20 milhões de desempregados — resultado da corrupção, ganância e incompetência desses 13 anos que a esquerda ” progressista” brasileira teve para implantar seu plano mentiroso e totalitário de poder — e mostrar a sua cara. Essa gente não se importa com a roubalheira que quebrou o Brasil nem com a destruição do ensino, saúde e meio-ambiente. É incapaz de fazer uma autocrítica. O resto é marketing, pago com dinheiro roubado.
É claro que o Freixo incorporou as táticas sórdidas de seus aliados – ou deveria dizer cúmplices – do PSOL, PT, PCdoB etc. etc. etc. nessa campanha desesperada para tomar o Rio. A última foi uma foto montagem ridícula do Edir Macedo tomando banho numa banheira de ouro. E as pessoas, sem verificar, compartilham como se a mentira fosse verdade, e ficam indignadas.
Por favor, não se deixem usar para virar massa de manobra grátis da estrela vermelha e seus comparsas.
Até poucos meses a Igreja Universal era grande aliada da esquerda. Lula e Dilma foram no Templo de Salomão; eu nunca fui, garanto. Depois do impeachment – que o Freixo diz que é golpe cuspindo na nossa Carta Magna figurativamente falando -, passaram a comparar evangélicos com terroristas do Estado Islâmico, como se evangélico fosse capaz de se explodir em lugares públicos.
As pessoas perderam o senso do ridículo. Se o Freixo se elegesse, a esquerda ” progressista” correria o risco de ficar sem caviar porque certamente o Rio, em estado semifalimentar, quebraria.
“Apesar de a imagem ter viralizado e Edir Macedo ter sido muito xingado, a imagem não passa de uma montagem com a imagem do empreendedor de Hong Kong Lam Sai-wing em uma loja que ganhou “um banho de ouro”. Essa matéria do Wall Street Journal fala sobre o assunto: http://www.wsj.com/articles/SB121538740506731077
fotoreal

louco-696x463Acima a foto real e abaixo a foto-montagem

Em português, essa matéria do G1 também fala do tema: http://g1.globo.com/…/PlanetaBiza…/0,,AA1280263-6091,00.html
Boatos.org: http://www.boatos.org/religiao/foto-falsa-edir-macedo-mostra-banheira-de-ouro-onde-diz-falar-com-deus.html

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *