23 de maio de 2022
Lucia Sweet

R$ 2,5 MILHÕES de movimentações suspeitas na conta do marido do Verdevaldo


O Senador Flavio Bolsonaro é trucidado diariamente porque um ex-funcionário movimentou R$ 600 mil na conta DELE, ex-funcionário. O sigilo de Flavio Bolsonaro foi quebrado ilegalmente há dois anos. Como nada encontraram, quebraram este ano o sigilo de mais de CEM pessoas supostamente ligadas ao Senador, legalmente, sendo que algumas “por engano”. Vai constar do livro de records Guinness.
Menciono en passant que o atual presidente da ALERJ, do PT, claro, André Ceciliano, do Lula livre e Lula preso POLÍTICO, teve por meio de funcionários do seu gabinete, movimentação atípica de R$ 50 MILHÕES. Nem um pio da extrema imprensa. Os gabinetes de mais 21 parlamentares também movimentaram MILHÕES. Dezenas de milhões. Nem uma notícia, nenhuma investigação açodada.
Agora descobrem que Davi Miranda, atual deputado do “Piçol”, ex-ator de vídeos pornôs gays produzidos pelo marido, o Verdevaldo, que a extrema imprensa finge que é um jornalista respeitad , faz questão de esconder o seu passado – e que nunca recebeu um prêmio Pulitzer – movimentou R$ 2,5 MILHÕES em suas contas. Sem explicação.
Então, esse mesmo Verdevaldo, o Glenn Greenwald, denuncia, indignado , o “vazamento“ de informações confidenciais do marido, o Davi que virou David, negro fake e pobre fake, que se apresenta como negro e favelado. Logo o Verdevaldo, o receptador do crime encomendado aos hackers que invadiram os celulares de pessoas do mais alto escalão da República.
Dá para acreditar? A única coisa que não dá para acreditar é como esse sujeito ainda está solto e tem uma ordem de Gilmar Mendes que impede que seu sigilo bancário seja investigado. Que tal?

author
Jornalista, fotógrafa e tradutora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.