O Brasil virou um manicômio…


Os com egos lá na sola do pé, arreganham os dentes e mordem o que podem jogando incompetência e incompetentes para roubar, avacalhar, achincalhar. É a merda no ventilador por toda a estratificação social.
Imbeciloides aplaudindo de Bolsonaro a Olavo de Carvalho e Lobão. E de Lula a FHC e Temer.
Que falta faz umas guerrinhas mundiais. Aliás, peste, fome e guerra! Já acabou… viu gente linda? E os que foram tragados e enfiados nesta lama toda, como sobreviver? Com muita tarja preta. Socoooorro , todo mundo na “overdrops” de Rivotril e Fluoxetina. Uns ainda usam no estilo on the rocks, curtindo tarja preta no álcool. Outros, ufaaaa! , preferem a linha purista de Baco: muito vinho, de preferência! Mas um dia sim, outro tambem… Nao dá…. Haja day after!
Pra mim quero doses de porco: pernil, torresmo, com farofa, e comidinha caseira, ( foooora restaurantes com comida mimimi e self services com massas italianas – passam longe das preparadas pelas Nonas e Mamas, sem contar comida chinesa e japonesa mais parecendo plástico reciclável! Isto em plena Liberdade. Pode ate ter liberdade , mas de que adianta se faltam alternativas e opções). Mama, mama, baby, baby…
Meu negócio é pastel de feira, sanduíche de pernil do Estadão, e aquela lanchonete ali na rua do Glorioso Palmeiras. E café carioca, pingado ou café com leite mais pão na chapa. Ou é isso ou não como. Porque depois de sentar à mesa no Olimpo da gastronomia em noite inenarrável de cara pra praça Buenos Aires, me nego às más línguas. Aquela língua de boi e os mimos nos acompanhamentos, mon Dieu!!!! Coisa que só aquele casal de amigos poderia preparar… Manjar dos deuses. Sendo os deuses, os próprios…
No mais, se trouxer café expresso ou água com “coffee surface”: sai, Satanás!
Chamando o reino da Mantiqueira: salvem-me!

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *