4 de julho de 2022
Colunistas Junia Turra

A questão não é a cor da pele, a questão não é a religião

O Deus no qual se acredita ou não, a questão não é o gênero, ser homem, mulher ou ter outra opção sexual, por alguém do mesmo sexo.

A porta-voz do governo alemão Ulrike Demmer informa que a manifestação pela Liberdade foi proibida porque é uma demonstração inaceitável.

Não passa de uma provocação e não há espaço para extremistas de Direita, e não interessa de que lado eles estejam. Ela apenas se esqueceu que as imagens falam por si mesmas.

A questão não é a idade, pode ser criança, ou ter muito mais idade…

A questão não é a nacionalidade…

A questão é: se você estiver contra o projeto de poder deles, você é o nazista. Você é o fascista. Você é o extremista…

Se essas palavras e colocações vierem “deles”, e você estiver do outro lado, você é o inimigo a ser combatido e abatido.

Se você sonha viajar, se reunir com amigos, com a família, ler, trabalhar, ter uma vida normal, onde as opções são pessoais e a liberdade é o que garante isso, é melhor você começar a pensar.

A sua liberdade está em jogo liberdade de escolha.

A liberdade de ser quem é escravo do outro é um morto-vivo medo é constante, o medo da tortura, o medo da próxima ameaça porque quem é escravo morre todos os dia se repete o calvário sempre no dia seguinte. Até que chegue a morte de fato.

Pense!

author
Jornalista internacional, diretora de TV, atualmente atuando no exterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.