7 de julho de 2022
Colunistas Joseph Agamol

O porquê do meu amor pela “Maravilhosa Sra. Maisel”

Ontem postei um texto recomendando a série da Prime, “Marvelous Mrs. Maisel”: disse que ela é imperdível por vários motivos, desde a recriação sofisticada de uma época mais cool, usando a Nova York do fim dos anos 50, passando pelo elenco magnífico, e culminando no roteiro de inteligência aguçada e humor sutil.

E vou citar um exemplo do episódio 4, da quarta temporada – o que acabou de ser lançado.

Como eu disse antes, a série gira em torno de Miriam “Midge” Maisel, a dona de casa que vivia para marido e família e que perde o rumo quando ele pede o divórcio.

Ela vai para um bar, enche a cara, sobe no palco para contar suas desventuras, todo mundo se acaba de rir, ela faz um top-less – e vai presa.

A agente de artistas Susie Myerson se apieda da moça e paga sua fiança. A partir daí, Susie se torna agente de Midge e começa a construir sua carreira no campo da stand-up comedy.

Imagina-se que Susie seja gay: se veste como homem em toda a série. Mas não mostra interesse por ninguém, sejam homens ou mulheres.

Midge, curiosa, resolve descobrir um bar gay em Nova York, para tentar achar uma companhia para Susie.

Óbvio que ela não faz a menor ideia de onde procurar e começa a pedir informações… na rua. Mais precisamente na Sétima Avenida.

Como era de se esperar, ninguém responde. Até que um dos transeuntes abordados pergunta: – você é policial?

Midge, entre surpresa e indignada, mostra seu vestido e diz: – policial?! Isso aqui é um Dior!

Um senhor de idade, de bigodinho fino, bem vestido, embora de forma um tanto excêntrica, observa a cena e convida Midge a sentar com ele no banco no qual estava. E diz que pode indicar um bar.

E faz várias perguntas a Midge, que, entre curiosa e indignada, pergunta: – o senhor é policial?! Ao que ele responde, divertido, mostrando a lapela do seu paletó: – policial? Querida… ISSO AQUI também é um Dior… Por um roteiro assim, por diálogos assim, por um humor assim, é uma pena que a 5a temporada será a última.

Assistam!

A seguir imagens que capturei.

author
Professor e historiador como profissão - mas um cara que escreve com (o) paixão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.