23 de abril de 2024
Veículos

Aston Martin se despede dos superesportivos a combustão com o Valour

Na semana passada, falei aqui da edição de despedida do Jaguar F-Type, que sai de linha no final do ano. Pois outra marca inglesa também está lançando este mês uma série especial de um esportivo, comemorativa pelos seus 110 anos de fundação e, também, para marcar o encerramento da produção de carros arrojados com enormes motores a combustão – que, aliás, fizeram sua fama ao longo deste mais de século.

A marca é a Aston Martin, uma das mais tradicionais da terra do Rei Charles e a preferida do agente 007 James Bond – que, além da licença para matar, sempre teve passe livre para acelerar as diferentes gerações desses carros nas telas nos últimos 60 anos.

O 007 Sean Connery e seu Aston Martin DB5

O modelo apresentado agora é o Valour (nas fotos em cor), que vem com um motor biturbo de 12 cilindros de pouco mais de 700 cavalos de potência e 76 kgfm de torque, com um câmbio manual de seis marchas. E uma interminável lista de itens de luxo e customizações.

A Aston Martin informa que só vai produzir 110 unidades do carro – que, aliás, pode ser já pode ser encomendado aqui no Brasil por 5 milhões e 200 mil reais. Ou seja, ele é cerca de oito vezes mais caro que aquele já caríssimo jaguar da semana passada.

Roger Moore e seu Aston Martin DBS, mas não como 007 e sim na série “Persuaders”
Pierce Brosnan, como James Bond, e seu Aston Martin Vanquish

fotos de divulgação

Fonte: Rebimboca Comunicação

Henrique Koifman

Jornalista, blogueiro e motorista amador.

Jornalista, blogueiro e motorista amador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *